Tudo o que você sempre quis saber sobre Moscou, mas nunca teve a quem perguntar

Getty Images
A capital da Rússia tem muito a oferecer, desde arquitetura esplêndida e um sistema extraordinário de metrô, a museus e bares 24 horas. O Russia Beyond reúne a seguir as melhores coisas para fazer, ver e comer nessa cidade icônica.

Quando Moscou foi fundada?

Moscou é citada pela primeira vez em crônicas históricas em 1147. A cidade foi fundada pelo príncipe Iúri Dolgoruki, de Suzdal, e a futura megalópoles começou com uma fortaleza chamada Kremlin.

O Russia Beyond já escreveu sobre os fatos e segredos do Kremlin de Moscou, sem falar de alguns lugares excelentes para comer nas proximidades.

No entanto, no início, as terras e aldeias próximas a onde Moscou está situada hoje não pertenciam ao príncipe. Eram propriedade de um boiardo (nobre) chamado Kutchka e, por isso, conhecidas como Kutchkovo. Kutchka caiu em desgraça com Dolgoruki, e, além de ter todas as terras confiscadas, foi condenado à morte.

Quando Moscou se tornou capital da Rússia?

Embora Moscou tenha sido fundada em 1147, levou quase dois séculos para que a cidade se tornasse capital. Foi apenas em 1380 que Moscou virou centro incontestável do território russo pela primeira vez.

Em 1712, alguns anos antes do estabelecimento do Império Russo, o tsar Pedro, o Grande, decidiu transferir a capital de Moscou para São Petersburgo.

São Petersburgo permaneceu a capital até o fim do Império, após a Revolução. Os bolcheviques transferiram a capital de volta para Moscou em 1918, temendo a invasão estrangeira. Mas outros lugares também já haviam atuado como capital até então.

É seguro viajar para Moscou?

A Rússia como um todo, e especialmente Moscou e São Petersburgo, são perfeitamente seguras para os turistas. Leia, porém, nosso breve guia de como conversar com os russos, lidar com emergências e não entrar em confusão.

Para não dizer que tudo é perfeito, o Russia Beyond destaca também 10 razões pelas quais você nunca visitar Moscou (embora raramente convençam).

Veja ainda 5 erros que os estrangeiros cometem em Moscou e tente não repeti-los.

É caro visitar Moscou?

Não há por que mentir –é, sim, uma cidade. Apesar da desvalorização do rublo nos últimos anos, Moscou ainda é uma das cidades mais caras do mundo. No entanto, há várias atividades e passeios em que não é preciso gastar um centavo sequer.

Confira, inclusive, se você pode se dar ao luxo de viver em Moscou!

Caso só queira viajar, dê uma olhada nas 5 suítes mais caras em hotéis da capital.

Como alugar um apartamento em Moscou?

Leia a história de nossa ex-editora com dicas realmente úteis sobre como alugar um apartamento em Moscou sem ser enganado. Há também outro artigo com conselhos sobre pagamento e outros pontos essenciais para discutir com o proprietário.

O que ver e onde ir em Moscou?

1. Curta Moscou além dos pontos manjados: 7 atrações na Praça Vermelha muito além do Mausoléu

2. Todos os livros e blogs turísticos aconselham visitar as principais catedrais da cidade: São Basílio, Cristo Salvador e igrejas dentro do Kremlin. Mas há várias outras igrejas de ajoelhar em Moscou.

3. A capital russa tem cada vez mais atrações para crianças – e facilidades para os adultos curtirem a vida sem deixarem os filhos para trás. Conheça opções.

4. A exposição permanente da renomada galeria Tretyakov, em Moscou, apresenta cenas e fatos da Rússia imperial. Confira 10 tesouros ali expostos.

“A aparição de Cristo diante do povo”.

5. O Parque Zariadie, localizado no coração de Moscou, abriu ao público em setembro de 2017, e o Russia Beyond elencou as 7 maravilhas encontradas no novo espaço verde da cidade. 

6. As coleções de museus famosos nunca deixam de surpreender. Mas os museus privados russos, apesar de terem surgido há muito menos tempo, também reservam surpresas agradáveis aos amantes da arte. 

7. Não perca também 6 estações de trem de Moscou que são templos de arte, arquitetura e história.  

8. E que tal conferir onde estão enterrados Soljenítsin, Gógol, Tchékhov, Stanislávski e Iéltsin, entre outras figuras famosas da Rússia? Leia sobre 4 cemitérios altamente culturais que vale visitar em Moscou.

9. Uma volta pela Moscou da Idade Média é outro programa imperdível em visita à capital russa. 

10. Assim como uma visita ao Teatro Bolshoi.

11. Nem terá muito tempo? Saiba então como passar um dia perfeito em Moscou.

Onde comer em Moscou?

1. As opções são muitas; entre elas, você pode voltar ao tempo da União Soviética.

2. Mas também se aventurar por restaurantes que servem comida autenticamente russa.

3. Se o sol já tiver caído, há também muitas opções que unem comida e música.

4. Além, é claro, de restaurantes que oferecem vistas impressionantes da cidade

5. Ainda não está se sentindo 100% seguro sobre as opções? Confira 10 apps gratuitos que o ajudarão a se virar durante visita a Moscou.

Quais são as opções de transporte em Moscou?

1. Como a grande maioria já sabe, o metrô de Moscou é um dos maiores e mais belos do planeta. Mas é importante seguir algumas regrinhas para garantir uma viagem tranquila

2. Saiba também como economizar tempo e dinheiro ao usar o transporte público na capital.

3. Falando nisso, para ajudar turistas, o metrô de Moscou recebeu nova sinalização nos últimos anos

4. Aliás, você sabe a diferença entre os metrôs de Moscou e São Petersburgo? Confira aqui

5. Veja ainda as últimas inovações tecnológicas implantadas no metrô de Moscou ou como a rede de transporte cresceu ao longo da história.

6. Outra opção é o chamado “car sharing”, isto é, aluguel curto, geralmente por hora, de carros, que virou febre na capital russa. 

Quer ver mais fotos e acompanhar tudo o que há de novo na cidade? Confira essas 8 contas de Instagram obrigatórias para apaixonados por Moscou

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies