Como sobreviver ao inverno russo sem congelar!

Por vezes, as pessoas no inverno russo ficam assim... Mas nem sempre!

Por vezes, as pessoas no inverno russo ficam assim... Mas nem sempre!

Reuters
O inverno russo pode ser incrivelmente duro, especialmente em locais como a Sibéria, onde até mesmo no verão passado a região foi atingida pela chuva (e um pouco de neve), então é preciso se preparar. O Russia Beyond traz algumas dicas vitais para te ajudar a sobreviver aos meses mais frios e escuros.

Uma piada popular sobre as impressões de estrangeiros sobre a Rússia diz que um estudante, escrevendo aos parentes sobre o país, diz: “Durante o ‘inverno verde’ é mais ou menos ok, mas quando o branco começa a coisa fica feia!”

Claro que isso não significa que você congelará 365 dias por ano na Rússia. O clima depende muito da região onde você estiver. Por exemplo, em Sôtchi (1.600 quilômetros a sul de Moscou), até em fevereiro, o mês mais frio do inverno, a temperatura média raramente cairá abaixo de 6 graus Celsius negativos – e, acreditem, para a Rússia, isso é muito bom!

Apesar disso, se você for parar em um lugar como Iakustk (8.300 quilômetros a leste de Moscou, onde o clima é bem mais severo, conte com temperaturas por volta dos 33 graus Celsius negativos em fevereiro.

Mas não se assuste: mesmo em lugares de temperatura congelante como esses há coisas bacanas para visitar. Você só precisa estar preparado.

1. Vista-se muito bem (MESMO!)

“Ah, tá. Obrigado, eu nunca tinha pensado nisso!” Já estamos lendo seu pensamento. Não queremos ensinar o padre a rezar, mas que tal uma Ave Maria?

Em lugares frios, você precisa se manter aquecido, principalmente se não veio dos rincões do mundo próximos à casa do Papai Noel.

Se estiver frio para dedéu lá fora, coloque diversas camadas de roupas: uma camiseta, camisa, blusa de lã e, finalmente, uma jaqueta de inverno. Pensou na jaqueta que você usa em Campos do Jordão? Pense de novo.

E não esqueça de chapéu ou gorro, cachecol e luvas ou mitenes, aquelas luvas sem divisão para os dedos, que aquecem ainda mais as mãos.

O frio e a neve podem impedir os escandinavos de se divertirem fora de casa. Mas os russos, esses não, de jeito nenhum!

O frio e a neve podem impedir os escandinavos de se divertirem fora de casa. Mas os russos, esses não, de jeito nenhum! / Kirill Zykov / Moskva Agency

Ao mesmo tempo, sempre se vista de acordo com seus planos. Se você só vai ao teatro e não planeja ficar na rua por mais de cinco minutos, vestir roupas térmicas esportivas por baixo do casaco não é uma boa ideia – você vai suar a valer. Seja sensato.

2. Compre botas com um bom solado

Claro que você precisará de sapatos quentes e a prova d’água se você irá desbravar o inverno russo. Eles também precisam ter uma boa tração, já que escorregar no gelo é um evento mais que cotidiano no país – mas que pode causar prejuízos graves, como uma perna ou um braço quebrado.

3. Use creme

Se está fazendo 30 graus Celsius negativos lá fora e você se vestir de maneira adequada, provavelmente a única parte do seu corpo exposta ao frio será seu rosto, e ele precisa de proteção.

Ventos severos podem estragar sua pele, e você pode comprar um creme especial para criar uma barreira e evitar isso.

Cremes com base oleosa são os melhores para o inverno, e um creme com base em água pode piorar ainda mais as coisas!

4. Gelo à vista!

Se você vir uma estalactite de gelo bonitona assim... saia de perto!

Se você vir uma estalactite de gelo bonitona assim... saia de perto! / Alexei Danichev/RIA Novosti

O sol de primavera sempre é uma vista bem-vinda na Rússia. Mas, enquanto o país começa a degelar e o humor geral, a melhorar, é melhor prestar atenção.

Enquanto tudo começa a derreter, estalactites de gelo também passam a cair dos telhados, por isso é bom olhar para cima e não andar próximo demais dos prédios.

5. Coma bem

Quando há menos sol aingindo seu corpo, ele tem que trabalhar mas para manter o equilíbrio e queima mais calorias.

“O inverno é um período ruim para dietas restritas”, explica a nutricionista Marina Demina.

Não comer o suficiente pode ser uma péssima ideia durante o inverno. Ao mesmo tempo, isso não significa que você deva enfiar a cara em doces, carnes gordurosas e outros tipos de comidas nada saudáveis.

O melhor, de acordo com Demina, é tomar sopas de verduras quentes, frutas secas e mel (se for difícil achar verduras e fruta frescas) e tomar óleo de fígado de bacalhau de tempos em tempos.

6. Tome chá (e não vodca)

Bebidas quentes podem ajudar muito durante um inverno gelado.

Bebidas quentes podem ajudar muito durante um inverno gelado. /Global Look Press

Mesmo que alguns russos te aconselhem a virar algumas vodcas de tempos em tempos para se aquecer, saiba que eles estão errados.

O álcool dá uma sensação de calor, mas pode ser perigoso: quando tomam destilados, as pessoas podem deixar de notar o frio, e isso pode levar à ulceração pelo frio.

Moradores de rua chegam até mesmo a morrer por isso, então beber chá ou outras bebidas quentes não alcoólicas é uma ideia muito melhor!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies