Como passar um dia perfeito em Moscou

Caminhar pela margem do rio Moscou é uma excelente forma de acessar as várias atrações turísticas da capital Foto: Lori / Legion Media

Caminhar pela margem do rio Moscou é uma excelente forma de acessar as várias atrações turísticas da capital Foto: Lori / Legion Media

Poucas cidades do mundo oferecem tanta diversidade em termos de arte, arquitetura, belezas naturais e música como a capital russa. A Gazeta Russa apresenta uma amostra das atividades incríveis para curtir um dia em Moscou.

7:00 – Correr do parque Górki à Universidade Estatal de Moscou

Os moscovitas são muito ocupados e trabalhadores, e a cidade costuma ser bem agitada. No entanto, nas primeiras horas da manhã, a capital está geralmente mais tranquila. Comece um novo dia correndo do parque Górki ao Vorobiovi Góri (Colinas dos Pardais), próximo à Universidade Estatal de Moscou. Corra lado a lado ao rio e sinta-se inspirado pelo edifício arquitetônico da universidade, que remonta à época de Stálin e representa uma das famosas “Sete Irmãs” espalhadas pela cidade. Essa é a estação em que os lilases dão flores e correr por essa região pode ser uma experiência aromaticamente revigorante.

9:00 - Êxtase espiritual no mosteiro Novodevitchi

Tente chegar à tranquilidade do complexo do mosteiro Novodevitchi muito antes dos ônibus lotados de turistas. Mesmo se você não for uma pessoa religiosa, vale a pena assistir ao culto no interior da Catedral de Smolensk. Esse é um dos poucos lugares na capital russa onde algumas das tradições pré-revolução bolchevique continuam bem preservadas.

Dê um passeio pelo complexo, que tem um jardim de tulipas e uma coleção de belas igrejas e monumentos. O passeio é bastante agradável e oferece algumas paisagens fantásticas. Por ser um cenário tranquilo em meio à agitação da cidade, é um ótimo lugar para retomar a leitura de um livro.

10:30 – Brunch na GUM

GUM é uma loja de departamento enorme no centro da cidade que dá de cara para a Praça Vermelha. Apesar de inúmeras lojas com preços bem salgados, a praça de alimentação no piso superior tem algumas opções acessíveis de café-da-manhã. Vá a uma “stolovaia” no estilo soviético e peça algumas panquecas russas, frutas e chá. Sente-se no topo da Chukhov e assista às pessoas passarem enquanto saboreia um delicioso café. Curta a arquitetura única do edifício, que tem elementos da Rússia medieval combinados com molduras de aço e teto de vidro.

GUM é um shopping nada convencional Foto: Ajay Kamalakaran

13:00 – Natureza e piquenique em Tsaritsino

O verão em Moscou é a época em que a antiga propriedade de Catarina, a Grande, está em seu melhor momento. A água das fontes atinge as alturas e o sol da tarde reflete sobre os lagos e colinas arborizadas. O local possui castelos góticos em ruínas e diversos museus, mas seu charme está na vasta aérea onde é possível fazer uma boa caminhada e mergulhar na natureza. O ritmo alucinante de Moscou parece ficar em outro planeta distante, embora o parque esteja localizado perto de uma estação de metrô e seja de fácil acesso a partir do centro da cidade.

As fontes de Tsaritsino são um show à parte Foto: Ajay Kamalakaran

15:00 – Tesouros da arte russa na Galeria Tretiakov

Os apreciadores de arte podem escolher à vontade na capital russa. Há o Museu Estatal Pushkin de Belas Artes, que apresenta algumas das grandes obras da arte europeia, e o Museu Roeritch, uma parada obrigatória para adeptos dos estudos índicos. Mas para aqueles que são apaixonados por arte russa, nada melhor do que visitar a Galeria Tretiakov.

Ali é possível admirar grandes obras de Vassíli Verechchaguin e Isaak Levitan, por exemplo. A simples dimensão de “A Apoteose de Guerra”, uma pintura de Verechchaguin que apresenta uma gigantesca coleção de crânios, pode fazer o tempo parar e causar calafrios. O quadros de Levitan retratando o interior russo e as noites claras de verão são capazes de transportar os visitantes de volta aos tempos mais remotos.

A galeria também possui grandes obras de Andrei Rublev, Iliá Repin, Ivan Chichkin e Aleksêi Savrasov, entre outros grandes pintores russos.

17:00 – Chá no centro da cidade

O centro tem Moscou está repleto de excelentes cafés e restaurantes. Os russos adoram chá e, por isso, gostam de provar as mais diferentes combinações. Experimente um chá de ervas com flores e frutas ou talvez uma iguaria importada da África do Norte misturada com hortelã. Se você está atrás de uma boa xícara de chá Assam ou Darjeeling para acompanhar um pedaço de bolo, será fácil encontrar o lugar perfeito.

Em Moscou não faltam cafés e restaurantes com os mais diferentes cardápios Foto: Ajay Kamalakaran

19:00 – Ópera ou balé no Teatro Bolshoi

Ir ao Teatro Bolshoi é um dos destaques de uma visita à Rússia. Certifique-se de reservar um bilhete com antecedência para assistir ao balé “O Lago dos Cisnes” ou à ópera “Boris Godunov”, de Aleksandr Púchkin. O opulento teatro e seus interiores restaurados irão levá-lo de volta a outro século.

22:30 – Ceia

É verão e, com sol no céu até bem tarde, a noite não começa antes das dez e meia. Relembre todas as atividades do dia durante um agradável jantar caucasiano ou georgiano. Moscou tem ótimas opções de restaurantes georgianos, muitos deles com preços razoáveis. Delicie-se com os pães georgianos, bem como kebabs e sopas acompanhados de um bom copo de vinho, para fechar o dia em grande estilo.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.