Perguntas & Respostas: Como viajar sozinho pelo maior país do mundo

Legion Media
Viajar pela Rússia por conta própria não é mais difícil do que viajar em uma excursão organizada em grupo ou com amigos. No entanto, existem algumas coisas que vale a pena conhecer antes de começar a fazer as malas.

Como obter um visto?

No caso dos brasileiros, a situação é bem tranquila: desde junho de 2010, os visitantes não necessitam de visto para entrar na Rússia se a viagem não exceder 90 dias. Se o período da viagem for maior que o permite, entre em contato com o consulado russo.  

Onde ficar?

Procurar hospedagem na Rússia não é muito diferente do que em qualquer outro país europeu. Os serviços do Booking.com, Airbnb e CouchSurfing também operam aqui. Embora deva ter cuidado com a escolha do bairro, qualquer lugar no centro já costuma ser uma boa opção. Se você tem orçamento apertado e encontrar um albergue muito barato, fique atento: o mais provável é que algo não esteja certo, e as condições do lugar podem ser muito piores do que se imagina.

Como pagar?

Ainda que Visa e MasterCard sejam aceitos por quase toda a Rússia, ainda há lugares onde esses cartões não são aceitos. Nas profundezas das províncias russas, é bom contar com dinheiro vivo – especialmente para pagar pelo transporte público. Porém, não carregue muito dinheiro consiga nem fique exibindo-o por aí.

Como se comunicar com os locais?

Essa é a parte mais difícil. A esmagadora maioria dos russos não fala inglês, mas as coisas são um pouco melhores em grandes cidades como Moscou e São Petersburgo. Só não confie no acaso: é melhor aprender uma seleção de frases básicas em russo.

Faça o download de alguns aplicativos gratuitos para aprender russo básico, como Duolingo ou Memrise. Como último recurso, use o Google Tradutor para perguntar como chegar ao metrô ou onde fica o bar mais próximo.

Mesmo que um russo não entenda, muito provavelmente tentará se comunicar com gestos (ou eles continuarão falando em russo, mas três vezes mais alto). Mas não se preocupe: eles não estão com raiva nem gritando com você – eles só acreditam que isso o ajudará a entendê-los melhor.

Se o contato for estabelecido, aqui estão outras informações úteis:

- O que responder à pergunta “Como você está/Как дела?

- Um russo me convidou para visitá-lo. O que me aguarda

- Os melhores produtos do Brasil para presentear um russo

- 7 hábitos estrangeiros que podem ser vistos como falta de educação na Rússia 

- Os 10 nãos que (quase) todo russo respeita 

É seguro para uma mulher viajar sozinha pela Rússia?

No geral, a Rússia é um país seguro. Apenas use o bom senso e siga as regras básicas: não ande sozinho à noite por ruas vazias nos arredores da cidade; não deixe sua carteira e telefone celular no bolso de trás nem largue suas malas sem supervisão. Há batedores de carteira e ladrões no país, assim como em Roma, Paris e São Paulo.

- Confira nosso guia com as principais fraudes na Rússia.

É altamente improvável, mas é possível que você seja parado pela polícia para checagem de documentos. Recomendamos que tenha sempre consigo, pelo menos, uma cópia do seu passaporte. Saiba o que fazer se for parado pela polícia.

A Rússia tem agora um corpo de “polícia turística” que pode e deve ser contatado caso precise de ajuda. Eles falam línguas estrangeiras – no mínimo, inglês – e podem ajudar no que for necessário, incluindo informações sobre caminhos.

Que roupa devo levar? Faz sempre frio?

A temperatura depende da época do ano e para onde está indo. Podemos dizer uma coisa com certeza: a Rússia Central (incluindo Moscou e São Petersburgo) não é tão fria quanto se imagina. No inverno, a temperatura é muitas vezes a mesma que na Europa Oriental. O verão é geralmente quente em quase toda a Rússia, e em algumas regiões no sul as temperaturas podem chegar até 45°C.

Não há proibição de usar o hijab, mas a esmagadora maioria dos russos é ortodoxa, portanto, o vestuário muçulmano tende a atrair atenção, inclusive da polícia, com exceção de regiões islâmicas como Tchetchênia, Daguestão e Kabardino-Balkária.

Para mulheres que planejam visitar monastérios e igrejas, tenham um lenço para cobrir seu cabelo e ombros. Esta é uma regra geral e aqui estão mais algumas dicas.

Como não me perder?

O aplicativo Yandex.Maps oferece mapas detalhados das cidades russas, destacando lugares para comer, fazer compras, estações de metrô mais próximas e etc. Pode ser usado em modo off-line e suporta os idiomas russo, inglês, ucraniano e turco. O 2Gis é um serviço similar (disponível em russo, inglês, italiano, tcheco e espanhol).

Vale a pena também consultar o nosso guia sobre como comprar um chip russo para celular e o que fazer se o seu voo for cancelado ou atrasar.

Posso alugar um carro?

Sim, a Rússia tem serviços de compartilhamento de carros e vários pontos de aluguel de carros. Tudo o que precisa é de uma carteira de motorista (leia mais sobre qual licença você precisa para dirigir na Rússia), passaporte e cartão de crédito. Nosso guia abrange alguns dos detalhes mais sutis e aqui estão alguns links úteis: Sixt, Europcar, Avis,Rentalcars, Delimobil, BelkaCar,Yandex. Carsharing.

Como é o transporte público?

A grande maioria das cidades russas conta com ônibus, bondes e vans.

O aplicativo Yandex.Transportpermite monitorar os horários de chegada e partida do transporte público em tempo real.

Quanto aos táxis e carros particulares, os aplicativos Uber, Yandex Taxi,Gett, e City Mobil operam em várias cidades do país. Em outros casos, você só precisa chamar um táxi amarelo fazendo sinal (com esses táxis, as tarifas são negociáveis). 

De quanto dinheiro preciso?

No geral, a Rússia não é um país caro, mas as passagens aéreas serão provavelmente sua maior despesa devido às distâncias entre as localidades no país. Por exemplo, uma passagem de Moscou para Irkutsk (perto do lago Baikal) custa a partir de 25.000 rublos (R$ 1.500) na baixa temporada. É claro que você pode viajar de trem ou carro, mas cada uma dessas opções tem seus prós e contras.

A conta média em um restaurante de Moscou sai por 1.600 rublos (R$ 95), e em São Petersburgo, 1.100 rublos (R$ 65). Em outras cidades, o gasto tende a ser menor.

A entrada para os museus mais importantes da Rússia sai mais em conta do que na França, na Itália e nos EUA. Além disso, você sempre pode viajar pela Rússia com um orçamento limitado. Aqui estão algumas dicas úteis para gastar pouco.

Resolveu viajar de carro pela Rússia? Então confira aqui as 5 estradas mais perigosas do país e que devem ser evitadas. 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies