Como comprar um chip de telefone russo sem ser russo

Quer mandar suas fotos da Praça Vermelha instantaneamente? Que tal ter 4g no telefone?

Quer mandar suas fotos da Praça Vermelha instantaneamente? Que tal ter 4g no telefone?

Kirill Kallinikov/RIA Novosti
Telefonar para casa com seu chip original na Rússia pode simplesmente te levar à falência! Se você estuda ou trabalha na Rússia – ou, pelo menos, visita o país de vez em quando ou pretende passar uns bons dias ali – comprar um chip local é uma ótima ideia!

Operadoras e tarifas

A Rússia tem quatro grandes companhias de telecomunicações que fornecem serviços móveis.

A MTS (Mobile TeleSystems) e a Megafon são as mais populares, com quase 80 milhões de clientes cada. A Beeline fornece serviços a quase 60 milhões de clientes, enquanto a Tele 2 tem mais de 40 milhões (como no Brasil, algumas pessoas têm vários números de telefone)

Estas companhias têm cobertura por toda a Rússia, então você não terá problemas se for viajar para outras regiões do país. Além disso, elas não fornecem apenas redes 3G e 4G, mas também LTE.

Em algumas regiões, há companhias locais que fornecem serviços de telecomunicações também.

As companhias têm uma ampla gama de tarifas, a maior parte por meio de planos mensais, e incluem acesso gratuito a aplicativos de mensagens e redes sociais – e elas ficam cada vez mais baratas!

A Tele 2, por exemplo, mais jovem dentre as operadoras, oferece 200 minutos, 50 SMS, 2GB de internet e acesso sem limite a redes sociais por apenas 199 rublos (cerca de R$ 11) por mês. A companhia também tem uma tarifa por minuto sem necessidade de pagamento de adesão.  

A Beeline oferece 300 minutos e 1 GB de internet por 350 rublos (R$ 19) por mês, e promete o dobro da cota de internet se você pagar de uma vez todo o montante do mês.

A tarifa mais baixa da Megafon custa 400 rublos (R$ 22) por mês e inclui 2 GB de internet e chat ilimitado gratuitamente no WhatsApp e no Viber.

A tarefa mais baixa da MTS custa 500 rublos (R$ 27) por mês e inclui 7 GB de internet, 200 SMS, ligações gratuitas para usuários da MTS por toda a Rússia, chats ilimitados em qualquer aplicativo de mensagens e navegação pro qualquer rede social.

E, claro, na Rússia você só paga para mandar SMS e ligar. Mais boas novas: a partir de 2018, o governo promete que cancelará as taxas de roaming dentro das diferentes regiões da Rússia, então você gastará menos em ligações e internet móvel durante a viagem.

Onde e como comprar um chip

Você pode escolher seu próprio número (desde que ninguém seja proprietário dele, claro) e encomendar um chip no site da operadora. Aí, pode escolher se o chip será entregue em seu endereço ou se você irá passar para retirá-lo na loja da operadora.

Companhias têm diferentes tarifas, a maior parte com planos mensais.

Outra saída é comprar um chip em qualquer loja de telefones ou das operadoras. O vendedor também poderá recomendar a melhor operadora e plano para suas necessidades.

Na Rússia, é preciso apresentar o passaporte para comprar seu chip e até mesmo o registro na Rússia (“reguistrátsia”).

“Nunca tive qualquer problema ao comprar chip na Rússia”, conta a alemã Peggy Lohse, que vive no país e viaja por ele frequentemente.

“Nem em Moscou, nem em São Petersburgo, Smolensk ou Kursk. Eles sempre pediram apenas passaporte e registro”, completa.

Você precisa comprar um telefone na Rússia?

Os telefones celulares russos funcionam nos padrões de comunicação GSM, UMTS e LTE.

Se seu telefone tem acesso a tais padrões, você pode usá-lo com um chip russo.

Se seu telefone usa apenas o padrão CDMA, você precisará comprar um novo na Rússia (e não há slots de chips em telefones desse tipo).

Felizmente, eles não são caros. Além disso, no país é possível comprar os iPhones mais baratos da Europa!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais