7 regras de alimentação das bábuchkas russas

Reddit; Russia Beyond
Nutricionistas modernos talvez discordem, mas quem vai comprar briga com uma vovó da pesada como são as russas?

Tortas caseiras, sopas cheias de “sustância” e muito chá com conversas emocionantes em vez de ficar olhando para o telefone. O que é um jantar “saudável” na casa da vovó russa?

  1. Refeição no horário

Você come porque tem fome ou porque está na hora? Para uma bábuchka russa, isso é indiscutível: café da manhã, almoço e jantar são os três pilares da alimentação “adequada”. Você deve sempre tomar um bom café da manhã para ter energia para trabalhar e estudar. Em geral, nos países pós-soviéticos, as aulas escolares começam às 8h30 e o dia útil, às 9h. Portanto, o café da manhã é servido entre 7h e 7h30.

Tradicionalmente, os russos comem kácha (mingau), ovos fritos, sanduíches com manteiga e "salsicha do doutor" ou sírniki, panquecas de queijo cottage.

O almoço deve ter dois ou três pratos: sopa, prato principal e sobremesa. Isso acontece por volta das 13h00 no local de trabalho (muitas empresas e escolas na Rússia têm cantinas). O jantar em casa ocorre por volta das 20h00, com prato principal ou sopa e sobremesa.

Além disso, entre as 16h e as 17h pode ser servido um pôldnik (do russo, algo como “meio da tarde”), que é uma espécie de lanche “pós-almoço”: geralmente ricota adoçada ou pãezinhos com chá ou leite com chocolate.

  1. Kácha no café da manhã

O que é mais saudável para comer de manhã: proteínas, gorduras ou carboidratos? As vovós russas sabem que nada é melhor que um mingau grosso com manteiga. Quando é preciso ir trabalhar em uma manhã fria e escura de inverno, um grande prato de mingau quente é uma verdadeira salvação!

Nos tempos soviéticos, o mingau mais popular era o de semolina: barato e acessível. Era feito com leite e servido com manteiga e varênie (geleia caseira). Outros favoritos levam aveia, trigo sarraceno e painço.

LEIA TAMBÉM: 7 tipos de mingau russo para começar o dia com o pé direito

3. A sopa é item obrigatório

Os russos têm um ditado famoso que diz: “Nossa refeição é sopa e mingau”. Isso não significa que os russos não comam nada exceto esses pratos, mas sim que a culinária russa é simples e acessível. As gerações mais velhas, que se lembram dos tempos de déficit, comiam principalmente esses pratos com suas famílias para sobreviver, por isso os russos hoje não conseguem imaginar seu almoço sem sopa.

No inverno, a sopa costuma ser grossa e à base de caldo de carne com batatas, cereais e/ou carne, e servida com bastante “smetana” (creme de leite azedo ou sour cream). Elas são, por exemplo: borsch, schi, solianka ou rassolnik. No verão, há versões "leves" delas: svekolnik frio e okrôchka ou sopa de azeda de vegetais com ovo. As sopas russas podem até ser prato principal, e não só entrada.

LEIA TAMBÉM: Por que os russos são loucos por sopa?

  1. O pão sempre acompanha tudo

Um dos hábitos alimentares russos mais surpreendentes para os estrangeiros é comer tudo com pão: sopa, carne, macarrão, batata. Isso se originou na época do déficit. Quando não havia comida suficiente para uma família numerosa, o almoço rendia mais com pão. Nas aldeias, as pessoas faziam pão, nas cidades havia fábricas e lojas vendendo pão por toda a parte.

Quando os pais pediam que os filhos comprassem pão, muitas vezes ele chegava em casa sem a parte de cima da casca: ela era tão crocante e saborosa que era devorada no caminho. Na Rússia e nos ex-países soviéticos ainda é muito popular comer pão de farinha de centeio, considerado mais saudável.

LEIA TAMBÉM: Sete tipos de pães russos que você vai querer comer agora

  1. Produtos de padaria não são comida

Porém, não era costume comer pão fora do almoço ou do jantar. Quantas vezes as bábuchkas russas diziam: “Pão não é comida!” Pão, é claro, queria dizer qualquer coisa da padaria, de tortas a sanduíches, que não podiam substituir um almoço: não saciavam por muito tempo e logo você quereria comer de novo. Além disso, as vovós russas acreditavam que comer "seco" (ou seja, sem líquidos) era ruim para o estômago.

  1. Sempre beba chá depois da refeição

Muitos nutricionistas hoje dizem que não se deve beber depois das refeições, mas os russos sempre consideraram bom tomar uma xícara de chá no final do almoço. Eles acreditam que o chá melhore a digestão. E, claro, uma xícara de chá nunca é suficiente! A bebida deve ser acompanhada de tortinhas ou doces, naturalmente!

LEIA TAMBÉM: Por que os russos bebem tanto chá (e quase sempre com limão)?

  1. Almoçar, e não conversar

“Quando como, fico surdo e mudo!” Cartazes com essas palavras de ordem ainda podem ser encontrados em muitos jardins de infância russos e cantinas das fábricas. Deve-se comer em silêncio, mastigando bem os alimentos, com cuidado. No entanto, conversar durante uma xícara de chá é bem-vindo.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies