5 bolos russos para assar em uma hora (com receitas!)

Legion Media
Desbancamos o mito de que fazer bolos é difícil. Nossas receitas são rápidas e fáceis - a única parte difícil é não comer antes de esfriar!

1. Medovík (bolo de mel)

Este bolo em várias camadas foi inventado há nada menos que 200 anos. A esposa do tsar Aleksandr I, Elizaveta, não suportava o sabor de mel, por isto, o ingrediente era estritamente proibido em sobremesas na mesa real.

Um dia, porém, surgiu um novo chef na corte que não estava ciente da regra. Ele fez alguns bolos de mel, polvilhou-os com creme e serviu-os à família imperial. Elizaveta gostou tanto das iguarias que abandonou imediatamente seu preconceito contra o mel.

O bolo virou uma sobremesa na moda. Passados dois séculos, a receita não é exclusividade dos chefs de pastelaria da realeza, e está na boca de todos os padeiros por aí. Não se assuste com as camadas: elas são rápidas e fáceis de fazer.

Modo de preparo: Coloque 3 ovos, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio, 3 colheres de sopa de mel e 1 copo de açúcar em uma panela antiaderente em fogo alto. Mexa sem parar até que a mistura triplique de volume e se assemelhe a uma espuma dourada. Retire do fogo e adicione imediatamente a farinha em pequenas porções (3 xícaras), ainda mexendo sem parar. Divida a massa em 8 a 9 partes. Unte uma assadeira. Passe o rolo sobre cada pedaço de massa, criando finas camada. Asse a 170 graus Celsius até dourar (cerca de 5 minutos). Enquanto a massa estiver macia, retire do forno e deixe esfriar. Para o creme, bata 800 gramas smetána (creme de leite azedo ou “sour cream”) e 3/4 de xícara de açúcar. Adicione às massas, conforme desejado. Deixe descansar por 12 horas em um local quente até ficar firme.

Encontre outra receita deste bolo também aqui.

2. Smetánnik (bolo de smetána)

O smetánnik difere de outros pudins ou bolos, porque a smetána (creme de leite azedo ou “sour cream”) é acrescida não apenas ao creme espalhado no bolo, mas também à massa. Como os ingredientes eram bem fáceis de achar até em épocas complicadas, este foi o bolo caseiro mais popular da URSS.

Além disso, ele tem muitas variações – há quem o decore com cacau em pó, cobertura de chocolate, farinha de rosca grossa ou bagas. Nozes, frutas cristalizadas e até rum podem ser acrescentados ao creme. Sua principal tarefa será dar ao bolo 12 horas de descanso antes da primeira garfada!

Confira a receita aqui!

3. Bolo zebra

A peculiaridade deste bolo é a alternância de um sabor leve (baunilha) e outro pesado (chocolate). Em sua versão mais simples, mais parecida com uma torta, as listras dentro da massa criam um efeito de zebra ou marmorizado. A mais complexa é feita alternando bolos coloridos.

Modo de preparo: Misture 1,5 xícara de açúcar com 3 ovos e acrescente 1,5 xícara de farinha, 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e 200 gramas de creme de leite. Misture bem a massa e divida-a em três partes. Misture uma delas a 2 colheres de sopa de cacau em pó. Asse 3 dos bolos por 20 minutos a 180 graus Celsius (2 brancos e 1 marrom). Use smetána (creme de leite azedo ou “sour cream”) para fazer o recheio: bata 1 xícara de smetána gelada com 1/2 xícara de açúcar confeiteiro até que o volume se torne o dobro do original, adicione essência de baunilha (1 colher de chá) e despeje em 10 gramas de gelatina dissolvida (em 1/2 xícara de água). Bata bem a mistura. Passe o creme nos bolos e deixe na geladeira por 6 horas. Acrescente a cobertura de chocolate, conforme desejado.

Confira mais uma receita deste bolo aqui.

4. Bolo de biscoito

Não vamos ensinar a você como fazer tiramisu, mas sim compartilhar uma receita de bolo do “Livro de Comidas Gostosas e Saudáveis”, publicado na União Soviética, em 1939. Naquela época, o popular livro tinha apenas duas receitas de bolo - e esta era uma delas. Tenha em mente que esta receita leva ovos crus e o bolo não é assado.

Modo de preparo: Coloque uma forma de bolo redonda com buraco sobre um prato redondo e deposite dentro dela uma camada de biscoitos (com o lado liso dos biscoitos para baixo e o texturizado para cima). Em seguida, cubra os biscoitos com creme (veja abaixo) e acrescente outra camada de biscoitos, seguida de outra camada de creme. Alise a última camada de creme e decore com mais biscoitos ou bagas (frescas ou congeladas) e nozes picadas. Deixe o bolo montado em local frio por 2 horas. Retire a forma para servir. Para fazer o creme, bata 4 gemas em uma panela e adicione 1/2 xícara de açúcar e 2 colheres de sopa de cacau; mexa tudo, dilua com 3/4 de xícara de leite e aqueça, mexendo continuamente com uma espátula até ferver. Em seguida, esfrie o creme e adicione 1 colher de chá de essência de baunilha, as claras de ovo em neve e 5 gramas gelatina dissolvidas em 1/4 de xícara de leite. Ao todo, serão necessários cerca de 300 a 400 g de biscoitos para o bolo.

5. Tvorôjnik (bolo de queijo cottage)

Este “cheesecake russo”, feito com ovos crus e massa seca sem cozimento era a segunda receita do livro soviético de 1939 supramencionado, mas é pouco “apreciado” hoje em dia, tendo sido substituído por uma receita muito mais popular. A versão atualizada é assada no forno por 40 minutos e pode ser feita até mesmo por cozinheiros inexperientes. Os principais ingredientes são ricota (tvôrog), farinha, manteiga, ovos, açúcar e smetána - coisas que estão sempre à mão na Rússia. Um toque de casca de limão o torna ainda mais interessante.

Confira a receita aqui!

LEIA TAMBÉM: Como um empresário alemão do século 19 criou o chocolate mais famoso da Rússia?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies