De quais comidas os russos têm mais saudade quando estão longe de casa

Legion Media
Você pode não conhecer alguns desses ingredientes e pratos, mas acredite: uma vez que você provar vai querer comê-los sempre.

A nostalgia costuma causar um pouco de tristeza e melancolias em pessoas que estão longe da sua terra natal. Os russos não só sentem falta dos seus amigos e das bétulas, mas também de pratos e ingredientes que não conseguem achar nas lojas de outros países. Se seu amigo russo estiver sofrendo por algum motivo, essas comidas com certeza ajudarão a melhorar seu astral.

1. Riajenka e kefir

Os russos adoram laticínios e muitos deles não são tão fáceis de serem encontrados nas lojas tradicionais. O kefir, por exemplo, ainda não é tão popular mesmo em países com muitas fazendas e agricultura bem desenvolvida. Maria Grigorian, que vive na Croácia, diz que a variedade de derivados do leite em certos países da Europa não é grande. Há iogurtes muito gostosos, mas ela não consegue achar sua bebida favorita, a riajenka (um leite fermentado). Na Rússia, a riajenka é muito popular e toda fazenda que tem leite faz o produto. O mais similar que se pode encontrar é o “sour milk” e, no Brasil, a coalhada.

2. Tvôrog

Os tradutores para o inglês ou para o português dizem que o tvôrog é o queijo cottage ou a coalhada, mas os russos sabem que há muita diferença! O queijo cottage tem uma consistência granulada e um gosto específico. Na Rússia existe um tipo de queijo cottage que se chama “queijo caseiro” e em geral é salgado. Mas o tvôrog de verdade precisa ser denso na medida, suave e sem nenhum outro ingrediente. Elena Kotchanova se mudou recentemente para a Alemanha e diz sentir falta do tvôrog, pois os queijos locais são muito moles e ela não pode fazer sírniki com eles.

3. Trigo-sarraceno

Curiosidade: as massas feitas de farinha de trigo-sarraceno são muito populares na Europa, porém é difícil encontrar o grão propriamente dito. Os russos gostam de comer esse grão como mingau, como acompanhamento para outros pratos e mesmo como prato principal. Às vezes é possível encontrar os grãos em lojas de produtos naturais e eles são muito nutritivos.

4. Pão

A primeira coisa que deixa os russos surpresos quando estão em outro país é como é difícil encontrar pão de centeio. Na Rússia, há muitos tipos de pão preto: borodínski, com cominho; dárnitski  sem outros ingredientes adicionados; com fermento ou sem etc. Em algumas lojas da Europa e dos Estados Unidos se pode achar pães de centeio, mas eles não chegam nem perto dos russos reais. É por isso que muitos imigrantes fazem o próprio pão.

5. Salsichão Doktorskaia (do médico, em tradução livre)

Foi inventado nos anos 1930 e era um dos embutidos mais populares na União Soviética. Ainda provoca nostalgia em muitos russos, especialmente se vier acompanhado de pão borodínski. É o melhor café da manhã que existe!

6. Minipepinos

Os imigrantes percebem que os pepinos do resto da Europa e dos Estados Unidos são maiores, mais macios e mais lisos. Já os russos são pequenos e “espinhosos” e são muito mais crocantes.

7. Maionese

A cozinha russa (e a comida soviética) é e sempre foi coberta de maionese. Alguns russos dizem que a maionese de outros lugares não é tão gostosa. Você pode imaginar a razão disso?

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais
Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.