Qual é a melhor época para visitar cada cidade turística da Rússia?

Legion Media
Como escolher a mês certo para conhecer Moscou? E Vladivostók? A Sibéria é melhor no verão? Respondemos estas e outras questões aqui!

Moscou

Pode-se dizer que a temporada do turismo em Moscou praticamente nunca termina: os turistas aparecem pela capital russa o ano inteiro! Mesmo assim, o verão é geralmente considerado o período mais favorável para os turistas. Isto porque o tempo está quente, você pode desfrutar de agradáveis ​​passeios nos parques e praças verdes do centro histórico da cidade, tomar um barco para atravessar o rio Moskvá e frequentar um sem-número de eventos ao ar livre que a capital russa oferece.

No inverno, moscovitas e estrangeiros recomendam a época do Ano Novo: neste período, a cidade está toda iluminada, um espetáculo sem equivalentes que fica ainda mais completo com a neve. 

As estações mais amenas (primavera e outono) podem trazer outras impressões – e também lama no sapato devido ao derretimento da neve. Mesmo assim, a cidade é lindíssima, cheia de jardins de flores plantados na primavera e o outono é um espetáculo de cores, quando as copas das árvores variam de amarelo a vermelho. Além disso, se você der sorte de pegar o “bábie leto” (dias no início da estação em que o verão volta a dar as caras), a cidade vira só alegria e alto astral!

São Petersburgo

O clima imprevisível de São Petersburgo às vezes assusta o potencial turista. Mas em alguns períodos o clima é razoavelmente estável e a cidade fica muito atraente para os viajantes.

Segundo os petersburgueses, a melhor época para visitar a cidade é a estação das chamadas “noites brancas” – que levam este nome porque, com o solstício de verão, o sol quase nunca se põe, fazendo a noite parecer dia. Elas se esticam do final de maio até o início de julho, atingindo o ápice em junho.

São Petersburgo também é ótimo no início do outono: em setembro, o clima geralmente é ameno e agradável. Ficam especialmente majestosos os parques, envoltos em folhagem dourada.

Mas o mais importante ao visitar a cidade é não esquecer o guarda-chuva! A chuva aqui é um fenômeno permanente e pode te pegar quando menos esperar!

Anel de Ouro

Este anel composto de oito cidades e cujo circuito foi criado ainda em meados do século passado destinado ao turismo se espalha entre as ôblast (regiões federativas) de Moscou, Vladímir, Ivânovo, Kostromá e Iarosláv.

É bacana visitá-lo no início do outono, quando o clima está agradável, mas menos quente e seco que no verão, mas ainda é possível fazer passeios a pé. No outono também é possível visitar os mosteiros ortodoxos.

A verdadeira beleza dessas cidadezinhas, porém, revela-se no inverno: é o tradicional inverno russo, com neve sob os pés e as janelas das casas cheias de gelo. No Ano Novo e no Natal, assim como na Máslenitsa, as cidades do Anel de Ouro têm uma infinidade de festividades abertas.

Região de Krasnodar e Crimeia

A região de Krasnodar e a Crimeia são bonitas em quase qualquer época do ano. Tudo depende de seus objetivos como turista e de suas preferências. Assim, a melhor época para descansar no sul da Rússia é no início de julho ou em setembro.

Em julho, o clima já não é tão imprevisível quanto entre maio e junho, mas também não é tão quente como no mês de agosto. O final do verão também é o período que mais recebe turistas, o que pode ser um pouco desconfortável.

Já o inverno é uma ótima época para visitar os resorts de esqui da região de Krasnodar.

Vladivostók

Segundo os moradores locais, a melhor época para visitar Vladivostók é no final de agosto e no outono em geral, quando o clima é mais agradável. Além disso, a água no Mar do Japão geralmente está mais aquecida no início de setembro, então há menos turistas nas praias.

Quem vai para observar a beleza natural das florestas de taiga deve optar pelo início de outubro. O ar neste período é incrivelmente transparente: a partir de Vladivostók, é possível ver a Península de Pestchani e as ilhas do Arquipélago da Imperatriz Evguênia, que geralmente ficam escondidas sob uma neblina nebulosa.

Região de Irkutsk

Os turistas vão à região de Irkutsk principalmente para ver o lago Baikal, o mais antigo e profundo reservatório de água doce do planeta. A temporada turística aqui dura o ano todo, mas o verão e o inverno são considerados o crème de la crème. É preciso, porém, ter em mente que o verão aqui é bastante curto, e só faz calor mesmo em julho e no início de agosto.

Já no inverno, o lago Baikal é incrivelmente bonito. Quando a água congela, ela adquire uma tonalidade totalmente extraordinária que varia de azul celeste a um azul saturado. O gelo fica extremamente liso e escorregadio, por isso é melhor atravessá-lo de patins: pequenas pistas de gelo abrem-se ali especialmente para os amantes das atividades de inverno e há equipamentos disponíveis para aluguel.

LEIA TAMBÉM: 5 coisas que mudam todos os anos na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies