‘Guirlanda Pavlova’: a sobremesa de suspiros mais deliciosa de todos os tempos (RECEITA)

Victoria Drey
Esta criação foi inspirada na beleza e graça da maior bailarina russa, Anna Pavlova, e criada na década de 1920.

Uma deliciosa mistura de suspiro, chantilly e frutas vermelhas, a Pavlova é tradicionalmente é considerada uma sobremesa de verão, pois combina perfeitamente com morangos frescos, cerejas e framboesas. Mas por que não adicionar outras frutas e bagas da estação?

Existem dezenas de variações sazonais para o recheio Pavlova: kiwi, caqui, banana, romã, coalhada de frutas cítricas, figos etc. Eu uso uma mistura de espinheiro marítimo e airela, mas fique à vontade para adicionar as frutas que quiser.

A Pavlova também era servida originalmente como um grande bolo ou bolinhos pequenos. Mas ela pode ter qualquer forma: de uma sobremesa romântica de coração a uma guirlanda, que fica linda para a festa de Natal.

O que também adoro nesta sobremesa é que se pode fazer o recheio de suspiro e frutas vermelhas com antecedência. Depois, é só bater o creme de leite por 10 minutos e montar a sobremesa logo antes de servir.

Ingredientes para o suspiro:

4 claras de ovo;

200 g de açúcar refinado;

20 g de amido de milho;

1 colher de chá de suco de limão;

1 pitada de sal;

Ingredientes para o recheio:

150 g espinheiro marítimo (ou outra fruta de sua escolha);

150 g de airela (ou outra fruta de sua escolha);

100 g de açúcar;

300 ml de creme de leite (com teor de gordura de 30% a 35%);

1 punhado de sementes de romã.

Modo de preparo:

  1. Bata as claras em neve com uma pitada de sal em uma tigela grande até que fique firme. Sugiro lavar muito bem os batedores antes de começar e até desengordurá-los com uma pequena quantidade de suco de limão ou vinagre antes de iniciar para obter a textura adequada do suspiro.
  1. Adicione pouco a pouco açúcar de confeiteiro, suco de limão e bata por 5 a 7 minutos até obter a textura e o brilho de um suspiro. Adicione o amido de milho e mexa com um mixer ou uma espátula.
  1. Em seguida, forre uma assadeira com papel manteiga. Para fazer uma guirlanda bonita, desenhe um padrão a caneta no papel. Monte a guirlanda usando um saco de confeitar com qualquer bico de sua escolha ou colher de sopa.
  1. Recomendo fazer uma espécie de abertura no meio da guirlanda, pois assim será muito mais fácil espalhar o recheio pela superfície.
  1. Asse o suspiro a 120 graus Celsius por 70 minutos. Deixe-o no forno desligado por mais uma hora e depois deixe esfriar completamente em temperatura ambiente.
  1. Agora vá para o recheio. Vamos começar com a parte das frutas. Coloque o espinheiro marítimo congelado com 50 g de açúcar em uma panela e cozinhe em fogo médio por 7 a 10 minutos. Não se esqueça de mexer de vez em quando.
  1. Coloque em um copo, bata levemente no liquidificador para obter uma textura mais lisa e deixe esfriar completamente. Você notará como a mistura de frutas vermelhas fica mais espessa durante o resfriamento.
  1. Repita o processo com a airela ou qualquer outra fruta de sua preferência.
  1. Aqui temos nossas duas deliciosas bases de frutas para o recheio de Pavlova.
  1. A última etapa é bater o creme de leite até obter suaves formações no suspiro. Eu não adiciono açúcar aqui porque os suspiros e os recheios de frutas já são doces o suficiente. Eis outro segredo: se você quiser um recheio mais estável e saboroso, adicione metade de um pote de cream cheese ou mascarpone na base de creme.
  1. Agora, certifique-se de que tudo esfriou completamente e vamos começar a montar a guirlanda! Primeiro, espalhe metade do recheio de frutas. Eu alterno airela e espinheiro marítimo, uma colher de sopa após a outra.
  1. Em seguida, coloque o chantilly com uma colher ou com o saco de confeitar e finalize com o restante dos recheios de frutas silvestres. Por fim, polvilhe algumas sementes de romã e decore a gosto.
  1. Faça um café fresco, sirva com a Guirlanda Pavlova e desfrute do espírito de Natal!

Priátnogo appetíta!

LEIA TAMBÉM: Ganso assado e outros pratos rebuscados da ceia de Natal na Rússia antiga; veja receitas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies