Enroladinho de salsicha, uma receita muito soviética!

iúlia Mulino
Acredita-se que os russos devam seus primeiros cachorros-quentes ao líder soviético Nikita Khruschov, que levou a ideia à URSS após uma visita aos EUA em 1959. Mas será que isso é verdade?

O cachorro-quente soviético, ou “sosíska v tiêste” (“salsicha dentro da massa”), é um salgado feito de massa de pizza ou massa folhada e assado ​​no forno. Ele se tornou popular na era Khruschov após ele visitar os EUA.

Além de sua paixão pelo milho, inovações gerais em linhas de produção e lojas de “self-service”, Khrushchov também tomou emprestada a tecnologia da indústria de carne e ideias de “fast food”. A ideia era baratear os produtos derivados de carne para o povo soviético.

Antes dessa visita, as salsichas foram mencionadas na “enciclopédia” culinária soviética, intitulada "O Livro dos Alimentos Saborosos e Saudáveis" (1939), apenas duas vezes: na receita de salsichas fritas servidas com purê de batatas e nas salsichas enlatadas.

As gerações de meus avós e meus pais, na década de 1970, usavam salsichas com mais frequência, apesar de elas ainda serem caras então. Foi só na década de 1990 que os cachorros-quentes se popularizaram com as privatizações e o surgimento de pequenos restaurantes com comida para viagem.

É claro que hoje podemos comprar os clássicos cachorros-quentes em qualquer lugar. Mas o enroladinho de salsicha que eu faço em casa para os meus filhos são sempre especiais e mais saudáveis - pelo menos, eu acho. Experimente também!

Ingredientes:

135 ml de leite;

15 g de fermento fresco (ou 5 g de fermento seco);

2 colheres de sopa de açúcar;

265 g de farinha;

1 colher de chá de sal;

1 ovo;

60 g de manteiga;

10 salsichas grandes (ou 20 pequenas);

Uma gema + 2 colheres de sopa de leite (para dourar).

Modo de preparo:

1. Adicione o fermento e açúcar ao leite morno e mexa com uma colher de pau até dissolver.

2. Peneire a farinha e o sal sobre o leite.

3. Adicione um ovo.

4. Adicione a manteiga derretida e resfriada e faça a massa.

5. Sove a massa por 15 minutos na batedeira até ficar homogênea. (Se for amassar manualmente, você precisará fazê-lo por mais tempo).

6. Coloque a massa em uma tigela, cubra-a com uma toalha e deixe crescer em um lugar onde fique imóvel (no forno sem ligar, por exemplo) por 1,5 hora a 2 horas.

7. Retire a massa.

8. Alise e abra a massa como se fosse fazer uma pizza. Use farinha para evitar que a massa grude na superfície.

9. Corte em tiras iguais.

10. Corte as salsichas ao meio se forem muito longas.

11. Enrole as tiras ao redor das salsichas.

12. Cubra os rolos com uma toalha e deixe-os crescer por cerca de 30 minutos. Enquanto isso, aqueça o forno a 200 graus Celsius.

13. Misture a gema com o leite para fazer pincelar.

14. Passe a mistura sobre os enroladinhos usando um pincel macio para cozinha.

15. Coloque a temperatura no forno a 180 graus Celsius. Opcionalmente, você pode borrifar água no fundo do forno no início do cozimento e 5 minutos depois. Isso fará com que o enroladinho tenha uma crosta mais fina. Asse os enroladinhos por cerca de 30 minutos até dourar.

16. Deixe esfriar e se delicie!

LEIA TAMBÉM: O que o povo soviético comia?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies