Skazka, o doce russo de conto de fadas (RECEITA)

Vassilíssa Malinka
Esse bolo é um símbolo açucarado de prosperidade que nasceu em uma época em que milhões de soviéticos tentavam construir uma sociedade ideal e socialista.

Antes da Segunda Guerra Mundial, os bolos não eram considerados uma sobremesa na União Soviética. Nos livros de culinária mais antigos só era possível achar receitas de bolos feitos a partir de biscoitos e de queijo cottage. A palavra sobremesa significava sempre algo como gelatinas, frutas assadas, tortas ou crepes. Tudo mudou na década de 1950, quando a indústria da confeitaria deslanchou e começou a produzir todos os tipos de bolo, que se tornaram indispensáveis na hora do chá. O mais popular de todos era um bolo chamado Skazka, uma palavra que significa “conto de fadas”.

O nome veio por conta da decoração elaborada que o bolo recebia e que lembrava algo como o mundo encantado dos contos de fada. Ao longo dos anos, o Skazka foi ganhando forma de camadas ou de rocambole decorado com creme e motivos como rosas, cogumelos, pétalas e outras flores. A ideia é simbolizar uma floresta encantada, como a das histórias fantásticas.

Além de sua aparência, todos amam o bolo por sua textura delicada, o sabor aromático e o creme aveludado. E o melhor de tudo: leva só meia hora para prepará-lo.

Ingredientes da massa:

  • 120g de farinha de trigo
  • 120g de açúcar
  • 4 ovos
  • Sal
  • Baunilha

Ingredientes da calda:

  • 100g de açúcar
  • 115g de água
  • 1 colher de sopa de conhaque

Ingredientes do creme (do tipo buttercream):

  • 200g de manteiga amolecida
  • 150g de açúcar
  • 125g de leite
  • 2 gemas
  • 1 colher de sopa de conhaque
  • Baunilha
  • 1 colher de sopa de cacau em pó
  • 1 colher de sopa de suco de espinafre (ou uma gota de corante verde)
  • 1 colher de sopa de geleia de framboesa (ou uma gota de corante vermelho)

Modo de preparo:

1. Pré-aqueça o forno a 180°C e unte a forma em que irá fazer o bolo.

2. Separe as gemas das claras. Na tigela com as gemas, adicione cerca de 2/3 do açúcar (80g) e uma gota de essência de baunilha, depois misture até ficar com uma cor creme bem clara.

3. Na batedeira, bata o restante do açúcar (40g) com as claras até ficar uma mistura fofa bem firme.

4. Misture as duas partes cuidadosamente até que fique homogêneo. Coloque a farinha e o sal e misture novamente. Despeje tudo na forma untada e leve ao forno por cerca de 40 minutos, até que, ao espetar um palito de dentes na massa, ele saia limpo. Espere esfriar completamente antes de desenformar.

5. Enquanto isso, prepare a calda. Em uma panela pequena, coloque o açúcar e a água. Deixe ferver e retire do fogo. Deixe esfriar até a temperatura ambiente e confira se todo o açúcar está dissolvido antes de juntar o conhaque.

6. Faça o creme. Na batedeira, coloque a manteiga e bata até ficar cremosa e com a cor bem clara. Em uma outra tigela, misture o leite, as duas gemas, o açúcar e leve ao fogo médio para ferver, sempre mexendo suavemente. Ferva por dois minutos e retire do fogo. Espere esfriar.

7. Despeje devagar a mistura cozida e fria na manteiga, mexendo sempre. Deve ficar uma mistura leve e saborosa.

8. Separe o creme em duas partes. Em uma misture o cacau em pó.

9. Pegue o bolo e retire as partes da crosta que ficam mais escuras. Coloque essas cascas no processador até que fique uma farofa de flocos finos. Corte o bolo em três camadas horizontais e use a de cima como base do bolo, pois ela é maior que as outras.

10. Umedeça a primeira camada de bolo com calda, depois espalhe o creme sem cacau, coloque mais uma camada de bolo embebida em calda, mais uma camada de creme e, por fim, a última camada molhada de calda.

11. Cubra todo o bolo com o creme de cacau e use a farofa de bolo para cobrir as laterais.

12. Com o resto do creme branco, divida em duas partes e misture uma com a geleia de framboesa e outra com o suco de espinafre (ou com os corantes). Misture bem até que cada uma tenha uma cor uniforme.

13. Decore seu bolo com folhas, flores e o que mais você imaginar. Leve à geladeira por no mínimo 30 minutos antes de servir.

Priátnogo appetita!

LEIA TAMBÉM: 12 personagens dos contos de fada russos que você precisa conhecer

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies