Como eram as vestimentas tradicionais dos povos da URSS?

Legion Media; Aleksander Nevejin; Aleksnder Makarov; Valéri Chustov; Aleksander Poliakov/Sputnik; Malkhaz Datikashvili/TASS
As 15 nações que fizeram parte da União Soviética consideram estes trajes um verdadeiro patrimônio cultural! E não, elas não se parecem com as roupas de Borat!

1. Traje russo

Aquilo que conhecemos hoje como o traje tradicional russo tem suas raízes nas roupas que os camponeses usavam séculos atrás (e que alguns russos no Brasil ainda usam, como você pode ver aqui). Naquela época, os russos usavam muitos tipos de peças complementares que passavam sobre a cabeça ou a parte de baixo do corpo.

As roupas masculinas e femininas diferiam muito: os homens usavam calças e caftãs e as mulheres, vestidos e camisas longas. As mulheres tinham que cobrir os cabelos.

As vestes tradicionais russas levam determinadas cores predominantes, e essa combinação é muito distinta: predominam o vermelho e o branco, com partes menores, ocasionalmente, de azul, dourado, carmesim e roxo.

2. Traje ucraniano

Para um olho destreinado, o traje nacional ucraniano pode parecer idêntico ao russo ou bielorrusso. Embora os três realmente se pareçam e tenham algumas características em comum, o traje ucraniano tem algumas características que o distinguem.

Uma delas é a camisa dos homens, cujo corte na frente é decorado com bordados. A camisa também fica por dentro das calças masculinas — algo raro na tradição russa —, que são geralmente muito largas. Já as mulheres enfeitavam os cabelos com fitas variadas.

As cores usadas também diferem muito das vestes russas: embora o vermelho e o branco sejam usados também, o azul está muito mais presente.

3. Traje bielorrusso

Este traje, como dissemos anteriormente, também tem muitas características semelhantes aos trajes russo e ucraniano. O traje masculino nacional da Bielorrússia são calças e camisa enfeitados com ornamentos. Mas a camisa, diferentemente da ucraniana, fica solta sobre as calças, e o cinto é parte integrante do traje.

As mulheres usavam camisas, saias e aventais. As vestimentas masculinas e femininas são enfeitadas com ornamentos e os padrões eram bordados principalmente com fios vermelhos em tecido branco.

4. Traje cazaque

O traje nacional do Cazaquistão é ricamente bordado. Uma das partes mais inerentes ao traje masculino é um manto enfeitado com ornamentos dourados e um chapéu no mesmo estilo.

O poeta cazaque Jambil Jabaiev.

As roupas de inverno são feitas de pele e também enfeitadas com dourado. Os chapéus de pele são um complemento comum tanto ao traje masculino, como ao feminino.

As moças usam vestidos leves e brilhantes, principalmente nas cores branca e azul. Um chapéu ricamente enfeitado também compõe o traje das jovens.

5. Traje uzbeque

No centro do traje nacional do Uzbequistão, há o chamado “chapan”: um manto acolchoado amarrado com um lenço na cintura. O manto pode ser feito leve ou mais quente, dependendo da estação em que será usado.

As roupas masculinas e femininas são muito coloridas. As vestimentas femininas também são feitas com cores variadas dispostas em listras.

Para os homens, o turbante é uma característica importante do traje, pois se trata de uma referência direta a sua cultura muçulmana.

6. Traje turcomeno

No Turcomenistão, os trajes nacionais são feitos em vermelho, preto, amarelo e branco, mas a cor predominante é o verde. As mulheres enfeitam as golas, mangas e pontas com bordados.

Em comparação com as vestimentas do Cazaquistão e do Uzbequistão, os vestidos das mulheres do Uzbequistão tendem a se ajustar melhor ao corpo.

O chapéu masculino feito de pele de carneiro é o principal sinal de honra do homem turcomano. Puxá-lo sempre foi considerado um grande insulto: um insulto que só poderia ser lavado com sangue.

7. Traje tajique

As roupas nacionais masculinas e femininas no Tajiquistão são muito parecidas - lembram uma túnica e são bem soltas, para esconder as formas do corpo. Esta é uma característica importante da vestimenta no país, já que a maioria dos tajiques são adeptos do Islã e roupas que revelem demais o corpo ou sejam apertadas não são bem-vindas.

A roupa tradicional tajique tem cores muito vivas e o traje reflete o status de quem o veste e seu bem-estar — quanto mais paramentado for, mais rico quem o veste.

8. Traje quirguiz

O traje tradicional do Quirguistão é feito de materiais naturais, como lã, feltro, couro e outros tecidos. Ele é muito semelhante ao traje do Cazaquistão quanto a ornamentos e enfeites.

No entanto, o que distingue o traje masculino nacional do Quirguistão é o chapéu branco alongado feito de pele - conhecido como kalpak - um elemento de vestuário que ainda é muito popular no Quirguistão na atualidade.

9. Traje georgiano

O traje nacional masculino da Geórgia é conhecido como “tchokha”. Ele tem forma e cores inconfundíveis, que o tornam vastamente conhecido em muitas partes do mundo. As vestimentas das mulheres podem ter cores diferentes: uma “tchokha” de casamento pode ser branca ou bege, enquanto a “tchokha” preta é considerado mais casual.

Para os georgianos, a “tchokha” é um símbolo de coragem e bravura. Para o georgiano, vestir o traje nacional é sinal de prestígio e status, já que ele continua a custar muito caro até os dias atuais.

Uma faca e o “masrebi” - bolsos decorativos no peito usados ​​para guardar pólvora e, hoje, imitações dos cartuchos de papel que eram usados ​​na era dos mosquetes, séculos atrás - são duas das principais características deste traje nacional.

10. Traje armênio

O traje nacional armênio é conhecido como “taraz” e é composto por camisa, colete, casaco de pele e calças. A gola da camisa é enfeitada principalmente com bordados. O vestido feminino é feito de algodão e pele de cabra.

A vestimenta das mulheres é feita com saias, coletes, regatas e é feita de cetim, seda e veludo. As mulheres enfeitam os vestidos com bordados, mas representantes das classes altas usam até mesmo fios de ouro e prata para fazê-lo.

11. Traje azeri

O traje nacional no Azerbaijão é semelhante ao georgiano, mas mais colorido. As jovens azeris usam vestidos de tons mais vivos, enquanto as mulheres mais velhas preferem cores mais discretas.

Para os homens, cinto e faca são atributos obrigatórios do traje. O chapéu é feito de pele de ovelha.

12. Traje moldavo

A principal característica do traje nacional da Moldávia são seus ricos enfeites. Os trajes masculinos e femininos são, em sua maioria, brancos e pretos, mas sempre enfeitados com desenhos de folhas, flores e frutas.

13. Traje letão

O traje folclórico da Letônia é composto por camisa e calças para homens e vestidos para mulheres. Também há colete ou casaco de mangas compridas, meias e casaco comprido. Comparado com a maioria dos outros trajes populares, ele é muito reservado e discreto, em forma e cores.

14. Traje lituano

Na Lituânia, as vestimentas variavam de região para região, mas há algumas características comuns entre elas. As mulheres usam saias longas: em alguns lugares, brancas e enfeitadas, em outros, coloridas com tons de vermelho ou preto e branco e cores vivas. Os homens usam casacos, cintos e chapéus.

15. Traje estoniano

As mulheres da Estônia usavam uma camisa larga e longa com mangas bufantes. Um cinto decorado é parte importante da vestimenta. As mulheres casadas cobriam a cabeça de maneira especial com um tecido.

Os homens usavam calças, cintos e camisas. No geral, a roupa masculina era mais discreta em estilo e cor que a feminina.

LEIA TAMBÉM: Por que o russo ainda é falado nas ex-repúblicas soviéticas?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies