Por que novembro é o pior mês na Rússia?

Reuters
O mês mais escuro e sombrio do ano causa depressão e mudanças de humor tão severas que até mesmo os invernos rigorosos com muita neve parecem mais atraentes.

Uma amiga me falou certa vez que adora novembro. Este é o mês em que ela faz aniversário, e ela disse gostar da maneira como o tempo muda a cada dia, deliciando-nos com novas vistas da natureza. Para ela, o mês é como um ponto de cruzamento entre o outono dourado e o inverno branco como a neve. As folhas estão murchando, mas a experiência toda nos dá uma sensação de mudança iminente e novos começos - uma condição pacífica que se pode abraçar, enquanto se pensa na vida, sentado com seu chá ou vagando por ruas vazias... Bem, foi o que minha amiga disse, pelo menos.

Parece poético, não?

Errado! É um bobeirol só. Esta foi a primeira vez na minha vida que alguém na Rússia elogiou novembro em vez de dizer que o mês faz com que tenham vontade de se enrolar todo e sumir. Deixe-me explicar os motivos.

Por que novembro é tão ruim?

A Rússia é, como se sabe, muito grande. Em muitas de suas regiões, como Urais, Sibéria e outros territórios do Norte, o inverno já está a todo vapor em novembro e com direito a muita neve. No entanto, as coisas vão ficando mais diferentes quanto mais a oeste e/ou sul se estiver. Vejamos o exemplo de Moscou. Na capital russa, a neve ainda não chegou ou derrete tão rapidamente que você nunca consegue realmente sentir aquele espírito mágico de Natal. Só que, para piorar as coisas, já está extremamente frio e escuro.

Os russos passam a maior parte de novembro em uma escuridão abjeta. Imagine: você acorda para o trabalho e ainda está escuro. Às 17h30, na hora de voltar para casa, já está escuro novamente . Ah, e eu falei do frio? Também não é o tipo de frio que se possa prever. Ontem, você estava todo animado, com um casaco leve, e sol a 10℃; hoje está abaixo de zero, e de repente há pingentes de gelo por todos os lugares - inclusive sob seu nariz.

“Não é tão ruim!”, alguns de vocês dirão. Mas novembro tem outro ás na manga - ventos fortes e violentos, penetrando na pele através das roupas. Então imagine só essa cena: as folhas caíram e as árvores continuam secas e escuras, o céu sombrio de chumbo parece tão baixo que parece estar a centímetros de sua cabeça. A chuva “romântica” de novembro de repente se transforma em um milhão de flechas frias e afiadas tentando perfurá-los por todas as direções (graças ao vento), e nenhum guarda-chuva pode resistir ao ataque.

Mas o inverno é melhor?

Uma pergunta justa. Melhor responder parte por parte:

- Quando tudo está coberto de neve, fica mais quente. Além disso, a neve faz com que tudo pareça mais claro. Mesmo à noite, reflete a iluminação artificial e tudo parece mais alegre.

- Com a chegada do inverno, você vai gradualmente se acostumando com o frio e começa a se agasalhar mais.

- E depois, claro, vêm as decorações de Natal e Ano Novo, que ajudam a enfrentar a triste realidade.

Como lidar com novembro na Rússia?

Todos saúdam o sistema de aquecimento central da Rússia. Graças a ele, as casas já estão aquecidas em meados de setembro (de acordo com as normas, o aquecimento é ligado se a temperatura média ficar em torno de 8ºC por cinco dias consecutivos). Mas também há um inconveniente nisso. Embora se possa usar shorts dentro de casa, é necessário colocar várias camadas de roupas para as caminhadas de novembro. As constantes variações de temperatura são uma grande pedra no sapato.

Eis aqui o conselho de uma amiga minha que anda 10 quilômetros por dia, não importa o que aconteça: agasalhe-se! É simples, mas genial. Quando não está nevando, algumas pessoas não acreditam que precisam usar casacos de inverno. Sim, vista o casaco, não se esqueça do chapéu, do cachecol e das luvas. Por fim, cubra os tornozelos. Usar sapatos confortáveis ​​e quentes é uma ideia inteligente.

Qualquer atividade física lhe trará a alegria necessária nestes dias sombrios. Vá para a academia, sue e alongue-se em casa, faça ioga, meditação, exercícios respiratórios e outras coisas que se pode encontrar no Instagram. Algumas delas funcionam pra valer.

A casa deve ser seu abrigo aconchegante, então, acenda algumas velas, beba chá e chocolate quentes, leia aqueles livros russos pelos quais todo mundo é louco e asse tortas.

Alguns russos mais desanimados partem para países mais quentes durante novembro, mas não vamos promover esses atos de covardia. Se acontecer de você estar na Rússia nesta época do ano, você tem que cerrar os dentes, fazer cara de mal-humorado e abraçá-lo. Afinal, o inverno está à porta. E Moscou e São Petersburgo são alguns dos lugares mais festivos que você provavelmente encontrará durante a temporada de férias.

LEIA TAMBÉM: O que é ‘toská’, a angústia russa?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies