5 gestos que só os russos entenderão... Ou não!

Pavel Inzhelevsky, Natalya Nosova
Um destes gestos é exclusivamente russo, enquanto outros têm significados específicos na cultura do país. Confira este pequeno guia cheio de “gifs” para ficar fluente em gestos russos... e descubra o que a Rússia e o Brasil têm em comum!

1. Dar um peteleco no pescoço

Este é um gesto famoso e exclusivamente russo que significa nada mais nada menos que encher a cara. Reza a lenda que, em São Petersburgo, um artesão russo desconhecido teria oferecido bons conselhos de engenharia para a construção da Fortaleza de Pedro e Paulo.

Como resultado, Pedro, o Grande, teria oferecido ao homem qualquer coisa que ele desejasse. Então, o astuto bebum pediu para ser marcado (literalmente, como um boi) com um símbolo que lhe permitisse beber de graça em qualquer taverna russa. Assim, ele simplesmente chegava, apontava para a cicatriz no pescoço com um peteleco e ficava bêbado de graça.

LEIA TAMBÉM: De que nomes de animais os russos se chamam?

Não sabemos se a lenda é verdadeira, mas o gesto sobreviveu até os dias atuais – apesar de não ser a única tradição russa no ramo das bebidas.

  1. Figa

Este gesto há tempos é o equivalente na Rússia a mostrar o dedo do meio. No século 19, por exemplo, um notório brigão chamado Iakubovitch foi retratado fazendo a figa, o que foi um grande escândalo.

No Brasil, a figa é um gesto de sorte, enquanto na Alemanha tem conotações sexuais e é muito ofensivo.

No Japão, na Coreia e na China, esse gesto também tem significado sexual, e assim o é na Rússia. Mas hoje ele já não é ofensivo de maneira alguma. A figa é às vezes usada como um gesto para expulsar os maus espíritos e significa, principalmente, uma “banana” em português brasileiro – por exemplo, no caso de você não ganhar nada.

3. Mão sob o queixo

 “Estou farto disto”: é o que significa este gesto.

4. Bater a mão na testa

O gesto do “facepalm” só chegou agora à Rússia, e graças aos memes da internet. Mas isto não é um “facepalm”, já que para tanto teria que cobrir todo o rosto (inclusive olhos e nariz) com a mão. Ele significa: “Como sou estúpido!”. Ou, outras vezes: “esqueci de… [desligar o forno, dar comida para o gato, pagar as contas etc.]”. Talvez haja algo similar no Brasil, não?

5. Esfregar os dedos polegar, indicador e médio

Existe uma piada russa que diz que quando o bebê do contador nasce, a primeira coisa que ele aprende a fazer é juntar os dedos polegar, indicador e médio. Este gesto quase obsoleto na Rússia é usado pelas gerações mais velhas, mas nos tempos soviéticos era onipresente: se alguém quisesse pedir ou oferecer suborno, mostrar que não tinha dinheiro ou pedir algum, era só unir os dedos mágicos. Rússia e Brasil são irmãos separados no berço pelo Oceano Atlântico ou não?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies