Exportações de equipamentos agrícolas russos dão salto

Reuters
Nos primeiros sete meses de 2020, exportações de máquinas agrícolas russas cresceram 23% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Apesar da crise financeira global, nos primeiros sete meses de 2020, as exportações de máquinas agrícolas russas cresceram 23% em comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo a Associação de Fabricantes de Máquinas e Equipamentos Especializados da Rússia (Rosspetsmach).

A Rússia vendeu 646 colheitadeiras (uma alta de 42%), 52 aspersores automáticos (uma alta de 62%), 1.370 adaptadores de colheitadeiras (uma alta de 27%) e 274 tratores, totalizando US$ 116 milhões.

Em volume financeiro, o país que maior aumentou seu quinhão de importações russas foi a República Tcheca, seguida pela Holanda e pela França.

A Rússia aumentou as exportações mesmo com as restrições impostas pela pandemia, que incluem o cancelamento de todas as exposições internacionais. Até o final do ano, o valor total dos acordos no setor deverá bater seu recorde histórico, ultrapassando os US$ 160 milhões.

LEIA TAMBÉM: Brasil compra grandes lotes de trigo russo isentos de impostos]

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies