Curitiba recebe Mostra de Animação Russa a partir desta quarta-feira (4)

“O ouriço no nevoeiro”, de Yuri Norstein (URSS, 1975)

Soyuzmultfilm
São 47 curtas de 20 diretores destinados ao público infantil e adulto. Além dos longas, evento conta com mesa-redonda e lançamento de livro russo.

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, a partir desta quarta (4), a 1ª Mostra de Animação Russa da cidade, com 47 desenhos animados produzidos entre 1950 e 2018. As exibições ocorrerão até a próxima terça (10).

Entre os destaques da programação estão “Uma trilogia sobre o ursinho Puff”, “O crocodilo Guena” e “O ursinho Taptizhka, além de vários outros. Já para os adultos, os destaques ficam com “O Velho e o Mar” (1999), de Alexander Petrov, que venceu o Oscar; e “O Conto dos Contos”, obra-prima de Yuri Norstein.

“Norstein, por seu estilo poético e único, ocupa um lugar singular na história animação russa. A sua obra, em alguns aspectos, pode ser comparada aos filmes do grande cineasta russo Andrêi Tarkóvski”, diz o curador Luiz Gustavo Carvalho.

Outro destaque é o filme “Lavatory-Lovestory”, de Konstantin Bronzit, indicado ao Oscar em 2009.

LEIA TAMBÉM: Projeto leva literatura russa a escolas do Estado de São Paulo

A mostra “apresenta no Brasil uma produção única que, apesar de ter recebido importantes prêmios na Europa e nos EUA, ainda não é conhecida no país. Oitenta por cento dos filmes são da época da ex-URSS, e o restante da produção de animação contemporânea”, afirma a também curadora Maria Vragova.

Segundo Carvalho, o cinema russo sempre foi um dos mais expressivos do mundo, e o país contribuiu de maneira singular para o desenvolvimento da sétima arte no século 20.

A escola de animação russa é marcada pela exploração de temas mais profundos e poéticos, de grande importância para a sociedade contemporânea”, conclui .

Debate e literatura

A programação conta também com uma mesa-redonda que abordará os aspectos da animação cinematográfica russa e soviética, e suas perspectivas para a sociedade e o cinema. Entre os participantes do debate estarão, além dos curadores, a diretora e animadora Svetlana Filippova (que foi aluna de Norstein).

“A história de Sara” (Skazka Sari)

A mostra conta ainda com a apresentação do “Tarakã, o bigodudo”, livro do escritor Kornei Tchukóvski traduzido diretamente do russo e lançado pela Editora Kalinka. A animação baseada nesta obra também será exibida durante o evento.

Mostra de Animação Russa

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: de 4 a 10 de setembro (de quarta a terça-feira, consultar horários na programação do site www.caixacultural.gov.br)

Ingressos: Venda de ingressos será feita exclusivamente no mesmo dia da sessão a partir das 12h. Preço único R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA).

*Também está disponível um passaporte para toda a programação da Mostra de Animação Russa: R$20, com retirada na bilheteria do teatro no dia da exibição do filme, condicionada à disponibilidade de ingressos. Dublados ou legendados.

Classificação indicativa: Livre

Capacidade: 125 lugares (2 cadeirantes)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies