9 restaurantes em Moscou que estão no guia Michelin

Restaurante White Rabbit.

Restaurante White Rabbit.

Assessoria de imprensa
Entre um Kremlin e uma Galeria Tretiakov, você precisa matar a fome com estes estabelecimentos estrelados no famoso guia gourmet!
  1. Artest

Duas estrelas no Michelin em Chef’s Table (1º andar); e recomendação da Sala da Lareira (2º andar)

O Artest fica localizado em uma mansão de dois andares do século 19 no centro de Moscou. No térreo encontra-se a Mesa do Chef (onde os convidados se sentam à mesma mesa do mestre cuca e são servidos pessoalmente por ele, com  quem podem tagarelar); no segundo, há uma sala com lareira.

O local, inaugurado no início de 2021 pelo experiente “restaurateur” russo Arkádi Novikov, leva no nome as três primeiras letras do nome e sobrenome de Artiom Estafiev, jovem chef de São Petersburgo. Estafiev já tem experiência em vários restaurantes de grande porte em Moscou e São Petersburgo, além de estágios na Espanha e na França.

Artiom usa produtos da fazenda do restaurante e faz suas próprias criações no "laboratório" do restaurante, onde produz vinagres de verduras variadas e frutas (cenouras, as bagas Aronia melanocarpa etc.), faz experiências com cogumelos koji japoneses e mantém os alimentos a altas temperaturas. A requintada culinária ali é complementada por vinhos (uma carta com mais de 400 tipos) e coquetéis inusitados à base de kombuchá e produtos fermentados.

O que pedir: Conjunto “Vrêmia” de frutas e vegetais enegrecidos.

Preço médio da conta: 15.000 - 20.000 rublos (Mesa do Chef) / 2.800 - 9.000 rublos (Sala da lareira)

Endereço: rua Trubnikovski Pereulok, 15/2

https://artest.rest/

  1. Twins Garden

Duas estrelas no Michelin, estrela verde no Michelin, prêmio por “Melhor serviço”

Desde 2017, os irmãos Ivan e Serguêi Berezutski servem pratos criativos e de alta tecnologia para os hóspedes em seu restaurante Twins Garden. Em laboratório próprio, os chefs misturam gastronomia e ciência: fermentam produtos, imprimem alimentos em impressora 3D e criam liofilização.

Ali também está instalada uma “fazenda cinética” com produtos suspensos no ar – eles simbolizam a fazenda de 100 hectares na região de Iaroslavl que provê a maior parte da matéria-prima de seus pratos.

Bolinhos de camarão do Extremo Oriente com morangos, aspargos e caviar de truta.

Parte dessa fazenda fica dentro da floresta, por isso o restaurante tem sempre frutos silvestres, ervas e cogumelos à disposição. Na fazenda também são criadas cabras, vacas e aves, e produzidos queijos.

Além do menu principal, é possível pedir a degustação “Redescobrir a Rússia”, com produtos locais de diferentes regiões do país. A segunda refeição, chamada “Vegetais”, sugere a ingestão desses alimentos da raiz às pontas.

Essa maravilha fica ainda mais completa com as 14 variedades de vinhos feitos de vegetais, cogumelos e ervas que acompanham o conjunto.

O restaurante também é famoso por sua extensa carta de vinhos, com mais de 1.000 rótulos de todo o mundo.

O que pedir: o conjunto “Redescobrir a Rússia”; Bolinhos de camarão do Extremo Oriente com morangos, aspargos e caviar de truta.

Preço médio da conta: de 2.500 a 15.000 rublos.

Endereço: Shopping Center Na Strastnom, rua Strastnoi Bulevar, 8A, 7º / 8º andar

http://twinsgarden.ru/en

  1. White Rabbit

Uma estrela no Michelin

O restaurante fica localizado sob uma cúpula de vidro no 16º andar do shopping Smolenski Passaj e oferece uma vista panorâmica deslumbrante de Moscou. O chef da casa, Vladímir Mukhin, é considerado o 9° melhor do mundo segundo o Prêmio de Melhor Chef.

Ele faz experiências com fontes alternativas de proteína e novas tecnologias, incluindo design sensorial de alimentos (onde a cor, a forma e o som afetam a forma como o prato é percebido).

Sopa okrôchka com salmoura e cogumelos brancos de leite em um prato de gelo.

Cada conjunto exclusivo de pratos que Vladímir apresenta no Chef’s Table é uma performance gastronômica audaciosa.

O que pedir: conjunto de pratos “Cisne Negro”; sopa okrôchka com salmoura e cogumelos brancos de leite em uma tigela de gelo; Pão Borodino com banha de coco; damasco com caviar preto.

Valor médio da conta: 2.500-12.500 rublos.

Endereço: 16º andar, 3 Shopping Center Smolenski Passaj, Praça Smolenskaia Ploschad

https://whiterabbitmoscow.ru/en/

  1. Selfie

Uma estrela no Michelin

Este é mais um estabelecimento da rede White Rabbit Family, onde o chef Anatóli Kazakov executa pratos russos, usando técnicas francesas. Os pratos falam por si: vieira Sakhalin com cogumelos e couve-flor; nabo, rutabaga e nabo com mel e feijoa (goiaba-serrana); croquete Pojarski com ketchup de pepino e purê de batata com trufa preta.

Pombo com alcachofra-girassol e arandos-vermelhos.

O que pedir: pombo com alcachofra-girassol e arandos-vermelhos; caranguejo, painço, queijo Pochekhonski e geleia de limão abecásio doce em raiz de aipo.

Valor médio da conta: entre 2.500 e 7.000 rublos.

Endereço: Shopping Center “VEB.RF”, Novinski Bulevar, 31, 2º andar

https://selfiemoscow.ru/en

  1. Sakhalin

Uma estrela no Michelin

O Sakhalin mistura a cozinha mediterrânea e a asiática, com muitos peixes, conchas e outros frutos do mar do Extremo Oriente russo. Se desejar, os clientes podem escolher seus próprios frutos do mar na geladeira ou aquário que fica no centro do restaurante.

Rolos de

A casa, aliás, é de encher os olhos dos clientes, com suas vistas panorâmicas de 360 ​​graus de Moscou a partir do 22º e 23º andar do edifício. O chef ali é Aleksêi Kogai, mestre do estilo pan-asiático na rede White Rabbit Family desde 2011.

O que pedir: Enrolados “peixe dourado”; Salada “Sakhalin”; sobremesa Tiramisu que imita uma lata de caviar preto.

Valor médio da conta: entre 3.000 e 11.000 rublos.

Endereço: Azimut Hotel, Smolenskaia Ulitsa, 8, 22º andar

https://sakhalin-moscow.ru/en

  1. Beluga

Uma estrela no Michelin

Este restaurante fica no segundo andar do luxuoso Hotel Nacional, com vista para o Kremlin. O Beluga é o restaurante das iguarias russas: seu menu oferece mais de 20 tipos de caviar e uma das mais longas listas de vodca do mundo.

Polvo com kefir de coco e berinjelas; escargots com trigo sarraceno.

O chef ali é Evguêni Vikentiev, da vanguarda culinária de São Petersburgo, que mistura sem problemas um pelmêni de peixe lúcio e foie gras com caldo de feno e cogumelos; ou um cheesecake com líquens crocantes e escargots com trigo sarraceno.

O que pedir: Conjunto de pratos “Teoria das Novas Iguarias”.

Valor médio da conta: entre 2.500 e 12.000 rublos.

Endereço: National Hotel, rua Mokhovaia Ulitsa, 15/1, 2º andar

https://belugamoscow.ru/en

  1. Savva

Uma estrela no Michelin

Este restaurante fica no histórico edifício do Hotel Metropol, a poucos passos do Teatro Bolshoi e do Kremlin. O menu contém quatro “histórias” principais do chef Andrei Shmakov: “Estilo de vida saudável”, “Dátcha”, “Fazenda” e “Rússia”, cada uma composta por quatro pratos.

Carne bovina curada e beterraba defumada com parmesão e sorvete de mostarda.

Por exemplo, o conjunto de pratos “Rússia” tenta os clientes com borsch de pato e cereja e muksun com batatas quentes. Há um menu separado com seis tipos de caviar (servido com bolinhos de trigo sarraceno, batatas, pepinos em conserva ou smetana), além de ofertas mais tradicionais, incluindo sobremesas.

Andrêi Chmakov, que criou o menu, entrou no time de cozinha do Metropol em 2013, após passagens anteriores pela Letônia e por São Petersburgo, realizando práticas no lendário “Noma”, em Copenhague, e no “Chez Dominique”, em Helsinque.

O que pedir: carne bovina curada e beterraba defumada com parmesão e sorvete de mostarda; torta de salmão, bacalhau e alabote com espargos e molho de ervas e caviar; torta de pinoli, chocolate, chanterelles e sorvete de pinho.

Valor médio da conta: de 2.500 a 6.000 rublos.

Endereço: Hotel Metropol, Teatralni Proezd, 2

https://www.savvarest.ru/en/

  1. Grand Cru

Uma estrela no Michelin

Este restaurante de vinhos em uma área prestigiosa de Moscou, perto de Patriarchie Prudi, é administrado pelo chef francês David Hemmerle, que tem experiência em restaurantes de prestígio na França e nos Emirados Árabes.

Frango com chanterelles.

O menu de Hemmerle no Grand Cru é rico em produtos locais sazonais combinados com molhos preparados por especialistas.

O que pedir: peito de frango recheado da fazenda com cogumelos; cenouras jovens e molho de gengibre; torta com mousse de caranguejo Kamchatka e caviar de lúcio.

Valor médio da conta: entre 3.000 e 7.000 rublos.

Endereço: Ulitss Malaia Bronnaia, 22/2.

http://www.grandcru.ru/en/

  1. Biologie

Uma estrela no Michelin, estrela verde no Michelin

Inaugurado há cerca de um ano, o gastrobar Biologie, com seu lacônico menu, fica instalado em um edifício de madeira em um subúrbio de Moscou. O salão de jantar é decorado em estilo chalé.

Vieira grelhada com beurre noisette.

A Chef Ekaterina Aliokhina segue os princípios do consumo consciente, respeito pela natureza e desperdício mínimo de alimentos na cozinha.

O que pedir: vieira grelhada com beurre noisette e creme à base de pó de café usado e peras.

Valor médio da conta: entre 2.100 e 4.000 rublos.

Endereço: aldeia Ilinskoe, Ulitsa Lênin 30/2,

https://biologie.ru/en/

 

Todas as informações de preços médios são provenientes do Guia Michelin.

 

LEIA TAMBÉM: 7 cafés simplesmente impensáveis nos cardápios moscovitas!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies