Os 10 edifícios e locais mais lindos de Kaliningrado (FOTOS)

Kaliningrado é uma cidade diferente de qualquer outra na Rússia – principalmente porque ela nasceu alemã.

1. Catedral de Königsberg

Antes de Kaliningrado se tornar uma cidade russa em 1945, ela fazia parte do Reino da Prússia e, mais tarde, do Império Alemão. Muitos dos marcos arquitetônicos da cidade foram construídos nesses tempos distantes. E a Catedral de Königsberg sem dúvida é o mais significativo deles!

A catedral de estilo gótico do século 14 foi concluída em 1380. A catedral permaneceu intacta até 1944, quando sofreu como resultado de bombardeios das forças aliadas. As novas autoridades russas só começaram a reconstruir a catedral em 1992.

A tumba do influente filósofo alemão Immanuel Kant, que já morou na cidade, está localizada dentro da catedral.

2. Ribnaia Derevnia (“Aldeia dos peixes”)

A Ribnaia Derevnia é um dos principais destinos turísticos de Kaliningrado. Embora ela tenha sido construída apenas em 2006, foi projetada para parecer parte de uma cidade prussiana antiga.

Este espaço tem galeria, hotéis, cafés e lojas. Mas talvez o mais importante seja que o local tem um farol imponente com vista para o rio Pregolia. No topo do farol há um mirante para os visitantes.

3. Hotel Nesselbeck

Ficar neste hotel de três estrelas com o design de um castelo medieval é uma maneira perfeita de viver o extraordinário ambiente da cidade. Os quartos foram feitos para combinar com a aparência medieval do castelo. O hotel também tem sua própria cervejaria, com bebidas bastante originais.

O hotel hospeda espetáculos de combate ocasionais para entretenimento e abriga o misterioso Museu de Torturas e Punições Medievais.

4. Complexo de Exposições Planet Ocean

O conceito arquitetônico deste novo complexo de exposições compreende o Centro Naval, o arquivo do museu e de exposições e um centro educacional. Ele foi criado por um estúdio de arquitetura de São Petersburgo.

O edifício tem forma esférica, remetendo ao planeta Terra. O depósito do museu e os pavilhões do Centro Naval têm forma cúbica, que corresponde à unidade de medida do Oceano.

5. Igreja Kreuzkirche

A igreja foi construída entre 1930 e 1933 para a comunidade protestante de Königsberg. Apesar dos bombardeios aéreos da cidade durante a Segunda Guerra Mundial, a igreja não sofreu grandes danos. Após o fim da guerra, ela foi reaproveitada e funcionou como garagem e, posteriormente, como fábrica de equipamentos de pesca. Em 1988, a igreja retomou as missas, mas para seguidores da Igreja Ortodoxa.

6. Museu do Âmbar

Este museu ocupa uma antiga fortificação reconstruída, originalmente encomendada por um marechal de campo prussiano durante as guerras napoleônicas (1803-1815). Mas ele foi inaugurado apenas em 1979. Atualmente, o prédio abriga uma coleção impressionante de artefatos de âmbar.

7. Bolsa de Valores de Königsberg

Este imponente edifício foi inaugurado em 1875 para hospedar a Bolsa de Valores de Königsberg. O prédio foi originalmente decorado com figuras alegóricas da Europa, América, Ásia e África, e tinha duas estátuas de leões em seus degraus. Ele foi projetado no estilo neo-renascentista do norte da Itália.

O prédio foi danificado durante a guerra, mas, diferentemente de muitos outros em Kaliningrado, não foi demolido, e sim reconstruído em 1967. A partir de então, ele passou a hospedar um centro cultural soviético e, mais tarde, russo.

8. Portão de Brandemburgo

O Portão de Brandemburgo, na parte sudoeste de Königsberg, foi construído em 1657 e era originalmente feito de madeira. Mas o portão de madeira original foi substituído por uma estrutura de tijolos por ordem de Frederico 2° da Prússia, no século 18.

Hoje, o Portão de Brandemburgo é o único da cidade que ainda é usado para o propósito pretendido (portanto, é realmente possível dirigir ou atravessar o portão). Este valioso monumento arquitetônico é protegido pelo Estado.

9. Igreja da Sagrada Família

Esta igreja neogótica de tijolos foi construída em um bairro residencial ao sul de Königsberg entre 1904 e 1907. Projetada por um famoso arquiteto alemão chamado Friedrich Heitmann, ela foi usada pelo Exército Vermelho como um hospital para doenças infecciosas durante a Segunda Guerra Mundial e, posteriormente, como depósito de fertilizante.

Depois de passar por restauração no início dos anos 1980, a antiga igreja católica foi transformada em sala de concertos para a Orquestra Filarmônica de Kaliningrado.

10. Portão do Rei

Ele pode parecer um castelinho, mas é um dos seis portões que foram construídos ao redor da cidade. Originalmente chamado de Portão Gumbinnen, ele recebeu o nome atual em 1811, devido à rua em que estava localizado: Königstrasse. A rua foi chamada assim porque os reis prussianos passavam por ela durante as inspeções militares.

Hoje, o portão abriga um centro histórico e cultural dedicado à Embaixada de Pedro, o Grande, e sua jornada à Europa.

VEJA TAMBÉM: Os 15 edifícios mais bonitos de São Petersburgo (FOTOS)

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies