Os 15 edifícios mais bonitos de São Petersburgo (FOTOS)

Nikolay Gyngazov/Global Look Press
Estas são as principais joias arquitetônicas da “capital do norte” da Rússia!

1. Palácio de Inverno

É difícil imaginar esta lista sem o Palácio de Inverno, a residência principal dos monarcas russos. O palácio barroco foi finalizado na época de Catarina 2° e, posteriormente, expandido para incluir numerosas coleções de arte imperial. Assim como nos séculos 18 e 19, ele ainda é deslumbrante em tamanho e esplendor. Hoje, o complexo forma o principal bloco do museu Hermitage, o maior do país.

Dvortsovaya Ploshchad, 2

  1. Casa Singer

Este edifício, também conhecido como "Casa dos Livros" (“Dom knígui”), fica na esquina da Niévski Prospekt com o Canal Griboiedov. Ele surgiu no início da década de 1900, encomendado pela filial da Singer Sewing Machine Company na Rússia. Sua impressionante fachada de estilo moderno é um dos detalhes visuais mais impressionantes da rua principal da cidade. Hoje, os dois primeiros andares são ocupados pela livraria "Dom Knígui" , e o restante é sede da rede social VKontakte.

Niévski Prospekt, 28

  1. Edifício de parceria comercial "Bratia Ielissiéievi"

Em 1903, este edifício foi considerado um dos projetos arquitetônicos mais luxuosos de sua época. A ideia era que a arquitetura modernista, com um gigantesco arco de vitral e esculturas na fachada, ostentasse a riqueza da parceria dos Irmãos Ielissiéiev e atraísse compradores para os produtos dos famosos comerciantes. Hoje, exatamente como naquela época, os visitantes ainda encontram ali uma mercearia luxuosa.

Niévski Prospekt, 56

  1. Catedral de Kazan

A inspiração para o design do edifício veio da Basílica de São Pedro, em Roma. O plano era fazer da Catedral de Kazan a principal igreja da Rússia. A construção se iniciou em 1801, mas foi interrompida pela guerra de 1812. Ela costumava ser associada à vitória sobre os franceses e abriga os troféus mais valiosos da guerra. É também o local de sepultamento do icônico marechal de campo Mikhaíl Kutuzov.

Kazanskaya Ploshchad, 2

Kazanskayia Ploschad, 2

  1. Palácio Petergof

Este é um palácio barroco luxuoso dentro do complexo de residências de verão da família Românov nos arredores de São Petersburgo. Foi projetado pelo mesmo arquiteto italiano que desenhou o Palácio de Inverno, Bartolomeo Rastrelli. Durante a Segunda Guerra Mundial, todo o complexo foi ocupado por forças nazistas e, posteriormente, destruído em um bombardeio. A restauração ainda está em andamento.

Ulitsa Razvodnaya, 2

  1. Catedral do Sangue Derramado

Esta colorida igreja de estilo russo costuma ser confundida com a Catedral de São Basílio, em Moscou. Mas a construção da Catedral do Sangue Derramado iniciou-se apenas três séculos depois, em 1883, no local em que Aleksandr 2° foi mortalmente ferido. A construção durou 24 anos, o que pode ser explicado por sua decoração elaborada, que consiste em um mosaico de 7.065 metros quadrados dentro da catedral.

Naberejnaya Kanala Griboiedova, 2

  1. Prédio residencial Joffe

A famosa “casa da torre de cinco pontas” surgiu em 1913, de propriedade da família de comerciantes Lapin e, mais tarde, herdada pelo rico agente de comissões Schneer Joffe, que a usava para vender móveis antigos. Além disso, a "casa da torre de cinco pontas" estava sempre nas conversas da intelligentsia russa: era onde morava Lidia, filha do escritor Kornêi Tchukóvski. E Lidia sempre recebia visitas da poeta Anna Akhmátova.

Ulitsa Rubinchteina, 40

  1. Catedral de Santo Isaac

A construção da catedral foi supervisionada pessoalmente por Nikolai 1°, em outra tentativa de criar "a principal relíquia sagrada ortodoxa do império". O edifício foi concluído apenas em 1858. O domo proporciona um dos panoramas mais impressionantes de toda a cidade de São Petersburgo.

Isaakievskaia Ploschad, 4

  1. Mansão Demidov

A antiga mansão, perto da Catedral de Santo Isaac, pertencia à família Demidov, extremamente rica. A dinastia tem raízes no tempo de Pedro, o Grande. A casa se destacava por seu luxo extravagante, inédito na época. A mansão é famosa por seus atlantes e cariátides que adornam a entrada principal. Após um longo período de abandono, ela está novamente aberta aos visitantes.

Bolchaia Morskaia, 43

  1. Palácio Catarina

Outra residência imperial que foi encomendada pela mulher de Pedro 1° e concluída pela filha, Elizaveta. É ali que ficava a lendária Câmara de Âmbar, que desapareceu durante a Segunda Guerra Mundial.

Ulitsa Sadovaia, 7 (cidade de Puchkin)

11. Edifício do Almirantado

A torre deste edifício, decorada com um navio, é um dos principais símbolos de São Petersburgo. Durante o reinado de Pedro 1°, foi uma verdadeira fortaleza, protegendo o porto durante a Guerra do Norte. Hoje, a antiga sede do Almirantado no calçadão do Nievá abriga a sede da Marinha Russa.

Admiralteiski Proiezd, 1

  1. Mosteiro Smolni

A construção do prédio se estendeu por 87 anos, interrompida vezes por guerras, outras por falta de financiamento. O Instituto das Nobres Donzelas foi encomendado por Catarina, a Grande, como parte do mosteiro. Mas quando se descobriu que as freiras não estavam aptas a trabalhar como professoras, Catarina abandonou qualquer esperança de um futuro brilhante para o mosteiro. Hoje, o edifício abriga vários departamentos governamentais, assim como faculdades da Universidade Estatal de São Petersburgo.

Ploschad Rastrelli, 1

Ploschad Rastrelli, 1 

  1. Fortaleza de Pedro e Paulo

A fundação deste edifício ocorreu em 1703, ano da fundação da "capital do norte". Monumento à arquitetura russa, a fortaleza é listada como um patrimônio cultural. Acabou nunca sendo usada para fins militares. Tinha sido usada como prisão e campo de execução desde o reinado de Pedro, o Grande.

Zayachiy Ostrov, Petropavlovskaya Krepost, 3

14. Estação Ferroviária Vitebsk

Esta é a estação ferroviária mais antiga de toda a Rússia. Seu primeiro passageiro, em 1837, foi o tsar Nikolai 1°. A estação tem um vestíbulo gigantesco com uma linda escadaria, vitrais, colunas e vários outros símbolos imperiais. Ela funciona ainda hoje, com serviços de trem para a Europa Central, Países Bálticos, Ucrânia, Bielorrússia e subúrbios do sul de São Petersburgo.

Zagorodni Prospekt, 52

  1. Lakhta Center

Uma das criações mais extravagantes da arquitetura moderna, este complexo empresarial tem 462 metros de altura e fica na costa do Golfo da Finlândia. É o arranha-céu mais alto da Europa e o 16° do mundo.

Ulitsa Paradnaia, 1

LEIA TAMBÉM: Por que São Petersburgo é considerada a capital cultural da Rússia?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies