As 10 estações do metrô de Moscou com as mais belas fachadas

Todos sabemos que o metrô da capital é um grande museu subterrâneo, e a maioria das estações é linda por dentro. Mas e as entradas de algumas delas?

1/ Arbatskaya (lê-se Arbátskaia)

Esta estação, que pertence à linha Filyovskaya, fica ao lado da famosa rua Arbat. Uma das primeiras estações de Moscou, foi construída em 1935 pelo arquiteto Leonid Teplitski e tem a forma de um símbolo soviético – a estrela vermelha de cinco pontas.

2/ Kropotkinskaya

Esta estação está situada em frente à Catedral de Cristo Salvador. No entanto, como foi construída em 1935, o antigo edifício da Catedral já havia sido demolido pelas autoridades, e planejava-se erguer um imenso Palácio dos Sovietes no lugar. O arco do pavilhão externo, projetado por Samuel Kravets, leva ao Bulevar Gogolevsky.

3/ Dinamo (lê-se Dinámo)

Esta estação, inaugurada em 1938, continha o maior pavilhão de metrô da época. Construída próximo ao estádio do Dínamo, previa-se um grande fluxo de pessoas. A entrada retangular é decorada com colunas antigas e estátuas dedicadas ao esporte.

4/ Krasnye vorota

A entrada sul desta estação é decorada com quatro semicírculos concêntricos e, de acordo com o conceito do arquiteto Nikolai Ladovski, parece um túnel de metrô em perspectiva. A estação foi inaugurada em 1935 entre as primeiras da cidade.

5/ Komsomolskaya (lê-se Komsomôlskaia)

Esta estação recebe os visitantes de Moscou vindos de três estações ferroviárias: Leningradsky, Yaroslavsky e Kazansky. Portanto, acaba sendo uma porta de entrada para a capital – do lado de fora, parece enorme e cerimonial, e é realmente uma das estações mais bonitas por dentro.

6/ Krasnopresnenskaya

Uma das primeiras da linha circular, foi inaugurada em 1954 e é uma das estações favoritas de todas as crianças de Moscou – porque conduz ao zoológico da capital. Na frente da rotatória há a estátua de um Vigilante dedicada à primeira Revolução Russa de 1905 – e um dos levantes aconteceu na rua Presnya, nas proximidades.

7/ Barrikadnaya

Esta estação fica a 2 minutos a pé de Krasnopresnenskaya e faz baldeação da linha circular para a linha Tagansko-Krasnopresnenskaya. Foi inaugurada em 1972 e também é dedicada à Revolução. O enorme baixo-relevo de mármore com formato interessante também traz uma escultura de revolucionários defendendo suas barricadas (o nome desta estação significa, literalmente, ‘barricadas’).

8/ Chistye Prudy (lê-se Tchístie Prudi)

Traduzida literalmente como ‘Lagoas limpas’, esta também é uma das primeiras estações abertas em 1935. Situa-se entre dois bulevares: Chistoprudny e Sretensky. A entrada construtivista tem, de fato, a forma de um cubo. E é uma das raras estações em que o antigo letreiro histórico M E T R O resistiu ao tempo.

9/ VDNKh

Este estação foi aberta em 1958 especialmente para o novo parque VDNKh, que exibia a Exposição de Conquistas da Economia Nacional. O pavilhão redondo construtivista dessa estação de metrô tinha o objetivo de impressionar as pessoas e deixá-las orgulhosas do Estado soviético assim que adentrassem o recinto.

10/ Slavyansky Boulevard

A única estação moderna da nossa lista foi aberta em 2008 como parte da linha Arbatsko-Pokrovskaya e está situada na avenida Kutuzovsky, no sudoeste de Moscou. Esta construção metálica em estilo Art Nouveau é inspirada no metrô de Paris.

LEIA TAMBÉM: Abrigo, cinema e até biblioteca: o metrô de Moscou durante a 2ª Guerra Mundial

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies