Como se virar no metrô de Moscou sem saber uma palavra de russo

Moskva Agency
De tão extenso, sistema de transporte da capital russa confunde até mesmo os moradores locais. Saiba como usar tecnologia e novos serviços a seu favor.

O metrô de Moscou é considerado um dos mais belos e maiores do mundo – são 269 estações, e este número apenas cresce. Ainda assim, ninguém está imune a ficar confuso no meio da plataforma, sem saber se vai para a esquerda ou direita, ou qual das seis ou mais saídas deve tomar para escapar desse labirinto subterrâneo. Nosso guia esclarece algumas questões difíceis e irá certamente facilitar sua vida no metrô. 

Adesivos no chão

Eles começaram a aparecer em 2014 e agora estão presentes em todas as principais estações de baldeação. Os adesivos enormes com setas no chão mostram para onde seguir na hora de trocar de linha.

As linhas são indicadas por número e cor, com os nomes escritos em russo (e transliteração em inglês). Por exemplo, o número 7 em um círculo roxo indica a rota Tagansko-Krasnopresnenskaya, que é a linha roxa no mapa do metrô.

Sinalização

O metrô de Moscou tem mais de 20 tipos diferentes de placas, que se complementam. Portanto, se você olhar para uma e ainda continuar confuso, tente observar outra.

As placas de metrô respondem à pergunta-chave “Para onde devo ir?” e, em geral, mostram o número, a estação final e/ou sentido (norte, sul da cidade e etc.) da linha.

As placas nas paredes da plataforma tendem a ser mais detalhadas – informam em que direção o trem está indo e em quais estações ele irá parar até chegar ao destino final.

A estação em que você está no momento é destacada com um retângulo na cor da linha, e todas as outras paradas são listadas em ordem, de cima para baixo.

Inglês

Todas as informações das placas também aparecem em inglês; os nomes das estações de metrô nos saguões, nas plataformas e nos vagões são exibidos em letras latinas.

As estações também são anunciadas em dois idiomas – russo e inglês –, e os guichês com funcionários que falam inglês são marcados com o adesivo “Falamos inglês!”.

Como encontrar a saída certa

Muitas estações em Moscou têm várias saídas – uma das estações centrais mais movimentadas, Kitai Gorod, tem nada menos que 15 delas. Mas calma: placas, guias nas paredes e funcionários o ajudarão a sair desse labirinto.

Os moradores locais costumam usar as saídas do metrô como ponto de encontro. Por exemplo, eles podem dizer “Vamos nos encontrar na saída Solianka”. Porém, para os turistas, isso pode não ser muito útil. Dito isto, mapas mostrando a região e seus principais pontos turísticos estão disponíveis nas saídas (mas não todas), ou em painéis coloridos redondos nos saguões das estações e nas plataformas. Dica: como todas as saídas são numeradas, é mais fácil se guiar pelos números.

Em muitos casos, há uma placa nas saídas listando pontos turísticos, ruas, shoppings e outros pontos de referência próximos àquela estação.

Nas paredes da plataforma e do saguão, também existem adesivos com números de ônibus, bonde e trólebus, mostrando o caminho até as paradas de transporte público.

Ponto de encontro

O tradicional ponto de encontro no metrô de Moscou é “v tsentre zala” (“o centro da plataforma”). Recentemente, porém, adesivos especiais com as palavras “Mesto vtrechi” (“Ponto de encontro”) também apareceram em grande parte das estações.

Aplicativos

Algumas estações têm um mapa do metrô no centro da plataforma e pelas bilheterias no saguão. Mas, hoje em dia, a melhor maneira de navegar pelo sistema de metrô é por aplicativo. Pelo apps, é possível descobrir a rota mais rápida de A a B, calcular o tempo de viagem, ver todas as baldeações e pontos de transporte terrestre disponíveis, além de receber notificações sobre o fechamento temporário de estações e saídas, etc.

O MosMetro é o aplicativo oficial do metrô de Moscou:

Download para Android 

Baixar na App Store 

O Yandex.Metro é um aplicativo semelhante, porém do Yandex:

Download para Android

Baixar na App Store

E atenção: alguns painéis de informações possuem código QR – nesses casos, você pode usar o seu smartphone para ler o código e descobrir a história da estação.

LEIA TAMBÉM: 5 diferenças entre os metrôs de Moscou e São Petersburgo

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies