5 dicas para trocar moeda na Rússia sem cair em furada

Legion Media
Vai viajar para a Rússia, mas não sabe como lidar com rublos? Siga nossas dicas.

1. Prepare-se com antecedência e evite trazer muito dinheiro em espécie – não porque existam muitos trapaceadores nas ruas como nos anos 1990. Pelo contrário, a Rússia tem hoje uma das mais altas taxas de aceitação de cartões de débito e crédito na Europa e “é possível encontrar caixas eletrônicos com tanta facilidade quanto no Reino Unido”, garante Guy Eames, empresário britânico que trabalha na Rússia há 30 anos. “Como visitante frequente de Moscou, não costumo trazer muito dinheiro vivo comigo e nunca uso casas de câmbio”, conta Eames. “O que eu sugiro é trazer pelo menos dois cartões de bandeiras diferentes (por exemplo, Visa ou Mastercard) e manter os recibos – dessa forma, você pode resolver qualquer questão”, acrescenta.

Para quem não tem dúvidas de que esta é a melhor opção, vale a pena apenas perguntar ao banco sobre o uso de cartão na Rússia (e descobrir se há algum custo significativo). Ou considere abrir uma conta em um banco on-line em seu país.

2. Se mesmo assim quiser levar dinheiro em espécie, leve euros ou dólares norte-americanos. Ambas as moedas são amplamente aceitas em bancos e casas de câmbio de todo o país. Também é melhor garantir que as notas não estejam rasgados ou contenham escritos – nesses casos, é provável que não sejam aceitas.

3. Nunca troque moeda com indivíduos aleatórios oferecendo uma taxa de câmbio “melhor”. Na década de 1990, esses caras suspeitos frequentemente caçavam viajantes de primeira viagem e russos comuns que, sem saber, trocavam moedas reais por falsas ou mais tarde descobriam o desaparecimento de outros objetos de valor. Embora esses esquemas sejam raros atualmente, ainda é melhor evitar esses indivíduos, caso algum o aborde no banco ou na casa de câmbio.

LEIA TAMBÉM: Guia dos golpes russos e como sair ileso

4. Evite trocar dinheiro no aeroporto. Como todo mundo que viaja sempre já sabe, as tarifas de aeroportos são geralmente as piores, independentemente do país. Portanto, se você realmente precisar de dinheiro ao chegar à cidade, troque apenas o suficiente para se transportar. Ao chegar a um dos três aeroportos de Moscou – Vnúkovo, Domodêdovo ou Sheremetievo, verifique os custos da viagem ao centro da cidade.

5. Lembre-se, a opção mais segura é trocar dinheiro em um banco. Segundo Anna Bodrova, analista sênior do Centro de Análise e Informação Alpari, a troca de moeda em bancos é um processo controlado e totalmente seguro, acompanhado por diferentes mecanismos de regulação. “No entanto, deve-se notar que os bancos podem definir suas próprias taxas de câmbio com referência à taxa do Banco Central e, frequentemente, cobrarão uma comissão pelo serviço”, explica Bodrova.

Como a taxa de câmbio varia de local para local, é melhor verificar as taxas de câmbio mais recentes do Banco Central da Rússia antes de escolher uma agência de câmbio nas proximidades.

Se souber russo, consulte o site da RBC: lá é possível escolher a moeda e ver onde está localizado o ponto de câmbio com a melhor taxa.

Se preferir, peça ajuda aos funcionários do hotel e recomendações em um banco próximo. Certifique-se de levar consigo seu passaporte, obtenha o recibo da troca de dinheiro e verifique o valor recebido antes de sair do balcão.

Moradores e visitantes frequentes também recomendam trocar dinheiro em bancos conhecidos, como Sberbank, Alfa Bank ou VTB.

“Nesses bancos os riscos são praticamente inexistentes e, na verdade, as comissões são o único perigo”, diz Eames. “Por isso, é melhor retirar, por exemplo, 5.000 rublos de uma vez do que ir ao banco cinco vezes e pagar comissão também cinco vezes.”

LEIA TAMBÉM: Como comprar suvenires russos sem cair em ciladas

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies