Bares de vinho em Moscou: os queridinhos dos russos em 2019

Big Wine Freaks
Ao contrário do que se pode pensar, cresce o número de russos que bebem vinho no lugar da vodca atualmente - e isto estar ligado aos excelentes bares de vinho que tomam a capital russa.

Se você quiser curtir o melhor da enorme variedade de bares de Moscou, este guia do Russia Beyond elencou os melhores points para tomar vinho, seja ele tinto, branco, rosé ou espumante.

Classica Bar

Esbaldar-se em uma boa taça de vinho comendo um prato delicioso costumava ser privilégio dos membros mais ricos da sociedade russa. Felizmente, os estabelecimentos de vinho “com preços democráticos” vêm destruindo essa ideia nos últimos anos, e o intimista Classica Bar, que tem apenas nove mesas, é o melhor exemplo da tendência.

Escondido na esquina da movimentada rua Tverskaia-Iamskaya, o Classica é um pequeno oásis do vinho fino que conta com mais de 70 variedades e garrafas a partir dos 20 dólares. Além disso, o cardápio da casa tem comida mediterrânea.

Mas seu foco não está nas grandes marcas de vinho, e sim na relação entre preço e boa qualidade, além de um grande número de países fabricantes de vinho.

Endereço: Ulitsa Pérvaia Tverskaia-Iamskaia, 2/1

Na internet: facebook.com/Classica-Bar

Sinners & Beginners

Este bar com nome inglês (que, em português, significa “Pecadores e iniciantes”) conta com uma coleção de mais de 300 vinhos, dos quais 60 podem ser pedidos em taça. O Sinners & Beginners tem a atmosfera convidativa de uma sala de estar e adega de um amante de vinho

O interior é, ao mesmo tempo, descolado e sossegado, e entre os clientes misturam-se mães com crianças, empresários e jovens fashionistas. O chef da marca é o italiano Vincenzo Dilillo - o que significa que o cardápio é repleto de todos os tipos de carpaccio, brusquetas, pizzas, queijos, carnes, pratos vegetarianos e molhos.

Ao conhecedor de vinhos, recomendamos o vinho de laranja tendência da casa - ou qualquer outro que os funcionários sugerirem.

Endereço: Ulitsa Petrovka, 23/10 prédio 5

Na internet: www.instagram.com/sinnersbeginners/

Bigati

Este elegante bar de vinhos em bairro residencial (a apenas 5 minutos a pé da estação de metrô Kúrskaia) surpreende o navegante de primeira viagem vez com sua agradável casa vermelha e branca e suas taças de 3 dólares cada – e espumantes de apenas 4 dólares cada.

Existem dois menus de vinho para atender aos diferentes tipos de amantes do vinho. O primeiro é dividido em seções com explicações bastante detalhadas para quem ainda não é especialista, mas tem curiosidade aguçada.

LEIA TAMBÉM: O que bebiam os personagens da literatura russa

O segundo é um folheto de várias páginas somente com nomes, anos e preços. O resultado são mais de 200 vinhos disponíveis na casa. E, claro, você também encontrará a moda da laranja, a vegana e a biodinâmica ali.

Em termos de comida, o menu atende a quase todos os gostos (há saladas, sopas, peixe, carne, opções vegetarianas e vegan). Além disso, às quintas, sextas e sábados, o Bigati fica aberto até às 3h da manhã.

Endereço: Zemlianoi Val ¼, prédio 1

Na internet: bigati-bar.ru  

Tsirk

O nome deste bar se traduz em português como “circo” e pode ser uma homenagem ao circo Nikulin de Moscou, dobrando a esquina - ou pode ser apenas uma alusão ao que começa quando o muito vinho sobe à cabeça.

O Tsirk é um pouco escondido entre os “pereúlok” (ou, em português, as “aleias”), mas vale a pena o esforço para encontrá-lo. O interior é clean, quase escandinavo, e os frequentadores são muito artísticos.

Não há uma carta de vinhos ali, mas as experientes garçonetes estão sempre à disposição para orientá-lo sobre o que há no estoque. O preço médio de uma garrafa é de cerca de 30 dólares.

No Tsirk a política culinária é dedicada a refeições mais adequadas, com entradas de tamanho generoso e pratos principais saudáveis. Durante a semana, dê uma fugida para aproveitar o almoço comercial (que custa 6 dólares para dois pratos e 8 dólares para três pratos), com uma taça de vinho por apenas 4 dólares.

Endereço: Tsvetnôi Bulevar, 20/1

Na internet: www.instagram.com/circuswinebar/

Big Wine Freaks

Destacados entre as principais autoridades do vinho em São Petersburgo, os empresários do Big Wine Freaks levaram seu popular bar a Moscou no final de 2017.

O charme do Velho Mundo encontra o descolado Novo Mundo interior decorado ao estilo “loft de Nova York”. Vinhos biodinâmicos e champanhes artesanais dão as cartas ali, mas se você quiser uma jogada segura, há uma grande seleção de vinhos europeus e do Novo Mundo (alguns disponíveis para pedir por taça, a partir de 7 dólares).

O cardápio consiste principalmente de petiscos que caem bem com vinho, mas há também algumas opções de pratos principais. À noite, um DJ deixa o bar ainda mais descolado.

Endereço: Ulitsa Bolcháia Nikítskaya, 62/3

Na internet: bigwinefreaks.ru

Prosecco Bar PR11

O Prosecco Bar está sob a batuta do chef italiano Luigi La Sala e é o mais próximo que você chegará de um tradicional “bacaro” (os botequins típicos venezianos) em Moscou. O interior é simples e clean para não distrair ninguém das maravilhas do vinho e das companhias.

Quase metade da carta de vinhos é de prosecco. Mas se você não é fã da bebida, há muitos tintos e brancos, entre eles os biodinâmicos, e o cardápio do bar também conta com destilados e vários tipos de spritz.

O cardápio culinário tem petiscos perfeitos para acompanhar o vinho (brusquetas, saladas, tartares, prosciuttos e queijo), assim como pratos mais “substanciosos”, como sopas, massas e risotos. A conta, em média, sai por 12 a 15 dólares – uma miséria para se desfrutar da cultura clássica do aperitivo na capital russa.

Endereço: Ulitsa Sretenka, 7

Na internet: https://www.facebook.com/Proseccobarpr11/

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies