24 ou 48 horas em São Petersburgo, a capital cultural da Rússia

Legion Media
Curta o amanhecer na Nevsky Prospekt, passeie por parques e festeje a noite inteira.

Primeiro dia

7h-9h: Caminhe pela Nevsky Prospekt

Explore a principal rua de São Petersburgo antes que fique lotada de turistas – aprecie sua grandeza pela manhã, quando a cidade está apenas acordando. Comece pela Ponte Anitchkov (conhecida entre os locais como a “ponte com cavalos”) e siga em direção ao Almirantado. Não deixe de visitar o luxuoso Empório Eliseyev e as belas catedrais.

9h-10h: Tome café da manhã em estilo russo 

O café da manhã é a refeição mais importante do dia: kacha (mingau), panquecas e sirniki. Há vários lugares excelentes na Nevsky, mas atenção: a maioria dos cafés só abre às 9 da manhã. Passe no Stolle (Nevsky, 11) para se deliciar com tortas tradicionais, ou no Teremok, para provar mingau de trigo-sarraceno (Nevsky, 60).

10h-13h: Visite o centro histórico da cidade

Hoje em dia, a Praça do Palácio é considerada o verdadeiro centro de São Petersburgo, embora a cidade tenha sido fundada do outro lado do rio Neva – na ilha Zayachy. Ambas ficam a uma curta distância e ostentam as vistas mais espetaculares da chamada “Veneza do Norte”. Tire fotos em frente ao Palácio de Inverno e atravesse o rio pela Ponte do Palácio. Você chegará à Ilha de Vassiliev, onde duas colunas Rostral relembram as pessoas de que ali já houve um porto marítimo. 

13h-15h: Faça piquenique no Jardim de Verão ou almoce num lugar descolado

Volte para o centro pela Ponte Troitsky e siga para o Jardim de Verão – o primeiro jardim público da Rússia. Faça um piquenique no banco cercado por estátuas antigas, flores e fontes. No passado, apenas convidados do tsar Pedro 1º tinham permissão de frequentar esse local, mas, atualmente, a entrada para o parque é totalmente gratuita.

15h-18h: Visite a Catedral do Sangue Derramado

Você não pode sair da cidade sem conferir os 7.000 metros quadrados de mosaicos que decoram essa igreja. Construída no local onde o tsar Aleksandr 2º foi assassinado, é um raro exemplo de arquitetura tradicional russa São Petersburgo, cuja aparência é predominantemente europeia. É preciso comprar ingresso e, durante o verão, fica aberta por horas a fio (das 10h30 às 22h30, sendo fechada apenas às quartas-feiras). 

18h-00h: Faça um passeio de barco e jante na rua Rubinstein

Rios e canais ocupam 10% do território de São Petersburgo, por isso, nada melhor do que fazer um passeio de barco para conhecer a cidade. Se, depois disso, você quiser curtir uma noitada, vá para a rua Rubinstein, onde há mais de 50 bares e restaurantes. Ali você encontrará muitas pessoas em terraços ao ar livre, músicos tocando jazz para entreter os transeuntes, e jovens poetas bebendo perto do monumento ao escritor russo-americano Serguêi Dovlatov. 

00h-4h: Assista ao levantamento das pontes e cumprimente o pôr do sol

As famosas pontes de São Petersburgo são um inconveniente para os moradores locais, mas uma forma de entretenimento para os turistas. A partir da uma da manhã,  elas ficam abertos por várias horas, então, certifique-se de que, a essa altura, você já está do lado direito do Neva. É possível admirar as pontes levadiças a partir de um barco, passeando de bicicleta ou simplesmente caminhando da Ponte do Palácio até a Ponte da Trindade (ambos são as mais centrais e espetaculares). Além disso, se  estiver na cidade em junho, você poderá curtir as Noites Brancas. Fique um pouco mais e aprecie o pôr do sol entre 3h e 4h com uma taça de champanhe.

Segundo dia

8h-10h: Tome café da manhã no Julia Child Bistrô

Se você está procurando por comida deliciosa e sol pela manhã, visitar este café na rua Grazhdanskaya, 27, é uma boa pedida. Inspirado pela apresentadora de TV e chef americana Julia Child, esse bistrô foi aberto por um casal que queria criar algo requintado. O café da manhã em estilo francês é servido das 9h00 às 14h00. 

10h-11h: Suba na colunata da Catedral de Santo Isaac

São Petersburgo não tem muitos miradouros com vista panorâmica de toda a cidade: apenas 20 edifícios ultrapassam os 100 metros. A vista mais bonita do centro pode ser admirada a partir da colunata da Catedral de Santo Isaac, que fica aberta até 22h30 no verão. Mas atenção: não há elevadores e são 262 degraus para chegar ao topo.

11h00-14:00: Visite os museus da cidade

É claro que os turistas não podem perder o Hermitage, mas não se limitem apenas a este (vale a pena voltar durante a baixa temporada para aproveitar os tesouros imperiais sem as multidões). Existem mais de 200 museus em São Petersburgo, então, você encontrará de tudo, desde ovos de Fabergé até arte de rua moderna.

14h-15h30: Almoce na ilha Nova Holanda

Visite este parque em uma ilha que já foi estaleiro de construção naval e depois abrigou armazéns, mas agora é um moderno centro cultural. A prisão naval chamada “A Garrafa” foi transformada em um centro de arte com ótimos bares e restaurantes (a pizzaria Camorra Isola e o boteco israelense Bekitzer são especialmente bons).

15h30- 20h: Visite o estádio do Zenit

Pegue a saída do metrô na rua Sportivnaya, 2 (linha roxa) para chegar à ilha Krestovsky. Caminhe pelo parque Primorsky Victory para observar o estádio de US$ 1,1 bilhão (um dos locais esportivos mais caros já construídos). Em seguida, atravesse a ponte Yakhtenny (a ponte pedonal mais longa da cidade) para admirar a vista espetacular da moderna São Petersburgo, do Golfo da Finlândia e do arranha-céu da Gazprom – o mais alto da Europa (com 462 metros).

20h-22h: Jante nas alturas

Aprecie a vista dos famosos telhados de São Petersburgo enquanto come saboreia uma comida deliciosa – a maneira ideal de se despedir da cidade. A Bellevue Brasserie, localizada no 9º andar do hotel Kempinski, garante vista impressionante do Hermitage e da Praça do Palácio. Se a ideia continuar a viagem para Moscou de trem, confira os restaurantes Moskva e Bolshaya Kukhnya (ambos oferecem cozinha europeia e ficam a poucos minutos a pé da estação de trem).

Confira também 5 restaurantes para viajar à União Soviético bem no centro de São Petersburgo.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais
Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies