Sopa de macarrão com cogumelos, uma tradição russa até os dias de hoje (RECEITA)

Iúlia Mulino
Quer saber como os russos comiam massas há 200 anos? Então experimente sem falta esta sopa de macarrão com cogumelos!

A receita que apresento aqui foi retirada do famoso livro de receitas de Elena Molokhovets e, apesar de ter uma história de 200 anos, tem um sabor incrivelmente moderno. Em minha opinião, ela lembra muito o ramen. Quando comecei a fazê-la, parecia muito básica, mas tudo mudou no decorrer do processo.

Na verdade, ela é uma sopa com cogumelos e talharim (“lapchá”, em russo). Por ser bastante simples, resolvi fazer eu mesma o macarrão para deixar o prato mais requintado. No final das contas, não me arrependi nem por um minuto!

Percebi também que esta sopa não é um prato rápido — daqueles que só gastam uma panela. É preciso fazer um caldo de legumes para o macarrão, ferver as batatas separadamente, cozinhar os cogumelos secos e adicionar todos os ingredientes ao macarrão no final. A razão pela qual me apaixonei completamente por esta receita é que os ingredientes formam uma mistura equilibrada de sabores e texturas.

Segui a receita detalhadamente, mas fiz uma adaptação relevante. Achei que cogumelos frescos também funcionariam. Fritei-os com alho-poró na manteiga e acrescentei-os aos secos, previamente reidratados. É recomendável usar cogumelos sazonais, como chanterelle ou porcini.

Outro ponto que gostaria de salientar é que, na Rússia, tradicionalmente, a sopa de macarrão é feita com caldo de galinha. Fiz esta receita de ambos os modos, vegetariana e frango. Ambas são incríveis, mas prefiro a de frango, mais substanciosa.

Ingredientes:

Para o macarrão:

  • 200 g de farinha;
  • 2 ovos;
  • 1/2 colher de chá de sal.

Para sopa:

  • 1 cenoura;
  • 2 cebolas;
  • 2 talos de aipo;
  • 1 alho-poró;
  • 4 batatas;
  • 1/5 xícara porcini seco;
  • 300 g de champignon (chantarelle fresco ou porcini);
  • Salsa;
  • 3 folhas de louro;
  • Endro;
  • Pimenta preta;
  • 30 g de manteiga;
  • Sal;
  • Um frango inteiro (para o caldo de frango).

Modo de preparo:

  1. Para fazer o macarrão, coloque a farinha, os ovos e o sal em uma tigela e sove a massa dura por cerca de 15 minutos. Cubra a massa com um filme e deixe descansar por 30 minutos. Divida a massa em 4 partes.
  1. Abra com o rolo as quatro partes, bem finas. Elas devem ficar ligeiramente transparentes. Deixe-as na superfície de trabalho para secar por 15 a 20 minutos. Certifique-se de que estejam secas, mas ainda elásticos. Isso evitará que elas grudem umas nas outras ao dobrá-las.
  1. Dobre cada um dos pedaços de massa em um triângulo.
  1. Corte a massa em tiras finas (cerca de 3 mm), espalhe-as ao longo da bandeja e deixe o macarrão secar.

  1. Corte as batatas e ferva em água com um pouco de sal. Também adicionei louro, cebola e pimenta preta para dar mais sabor às batatas.
  1. Ferva os cogumelos porcini secos com louro, sal e pimenta por cerca de uma hora. Retire os cogumelos e pique-os.
  2. Corte os cogumelos frescos e o alho-poró e frite-os até ficarem macios e dourados. Pique verduras.
  1. Leve o caldo de legumes para ferver e adicione o macarrão — que estará pronto em alguns minutos. Coloque o macarrão em um prato fundo. Adicione as batatas, os cogumelos secos picados, os cogumelos secos fritos e o alho-poró, as verduras picadas, um pouco de manteiga e pimenta preta. Despeje o caldo de porcini no prato.

Priátnogo appetita!

LEIA TAMBÉM: Por que os russos são loucos por sopa?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies