Pato com maçãs, mel e molho de arando-vermelho (RECEITA)

Drinks@Dinners
Esta receita russa vai brilhar nas festas de final de ano de quem nela se aventurar!

Nas festas dos tsares russos do século 16, cisnes, pavões e outras aves assadas eram um luxo, apesar de serem pratos amplamente conhecidos. Na culinária eslava, o pato era tradicionalmente símbolo de lar, família e prosperidade.

Muitas receitas de pato foram publicadas pela primeira vez no famoso livro de receitas de Elena Molokhovets do século 19. Nele, Elena recomendava rechear o pato com repolho, cogumelos e macarrão e adicionar um molho feito de raízes e anchovas. Mas uma das receitas mais versáteis e populares de pato russas é feita com maçãs. O molho de arando-vermelhotraz ao prato um quê setetrional, ao mesmo tempo doce e ácido.

O sucesso desta receita depende da escolha correta de um pato jovem, com peso de não mais de 2,6 quilos e, de preferência, resfriado, não congelado. O excesso de gordura da barriga pode ser retirado antes de cozinhar e mariná-lo ajudará a atenuar seu odor específico. Para que o pato cozinhe completamente, basta fervê-lo em água com sal por 20 minutos antes de dar prosseguimento à receita.

Evguêni Mikhailov, chefe de cozinha do restaurante Drinks@Dinners, em Moscou, compartilhou com o Russia Beyond sua receita de pato com maçã e molho de arando-vermelho.

Ingredientes:

1 pato com 2,4 kg a 2,6 kg;

50 g de molho Teriyaki;

Para marinar:

10 g de canela;

10 g anis estrelado;

100 g molho de soja;

100 ml vinho;

20 g de coriandro;

10 g de sal;

5 g de pimenta;

50 g de molho de sweet chili.

Acompanhamento:

600 g de maçãs;

150 g de açúcar;

100 g de mel;

Molho:

100 g de arando-vermelho;

100 g de açúcar;

50 g de vinagre balsâmico.

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes para marinar e deixe o pato nesta mistura por um dia inteiro (24 horas).
  2. Asse o pato coberto com papel alumínio a 140 graus Celsius por 3 a 4 horas. Se colocar uma faca na parte mais carnuda do pato e sair um suco transparente, o pato está pronto. Retire o papel alumínio, unte o pato com o molho teriyaki e leve ao forno a 180 graus Celsius por mais 30 minutos, até dourar.
  3. Para o acompanhamento, frite as maçãs em uma frigideira com o açúcar e o mel até dourar.
  4. Para o molho de arando-vermelho, misture o arando-vermelho, o açúcar e o vinagre balsâmico em uma panela funda e leve ao fogo até ferver. Assim que o arando-vermelho der suco, retire a panela do fogo, bata no liquidificador e passe por uma peneira.
  5. Sirva o pato com as maçãs em uma travessa grande e regue com o molho de arando-vermelho.

Priátnogo appetíta!

LEIA TAMBÉM: 5 coquetéis soviéticos imperdíveis para fazer em casa

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies