Etchpotchmak, a esfiha dos nômades tártaros (RECEITA)

Suculenta por dentro, crocante por fora... Essas “esfihas” de carne tártaras são uma alternativa para derrubar qualquer fast food.

Suculenta por dentro, crocante por fora... Essas “esfihas” de carne tártaras são uma alternativa para derrubar qualquer fast food.

Iúlia Mulino
Nômades, os tártaros costumavam percorrer longas distâncias pela estepe e o “etchpotchmák”, um tipo de esfiha tártara, tornou-se uma solução nutritiva e rápida, tornando as paradas para descanso mais curtas e as viagens, mais rápidas.

O “etchpotchmák” é uma massa de panificação tártara e bachquir feita com fermento e recheada com carne, batata e cebola. Ele é famoso pela forma triangular e seu nome significa, literalmente, "três cantos". Historicamente, ele era preparado e comido ao ar livre durante longas campanhas militares.

Existe um jeito especial de fazer o ‘etchpotchmak’. Primeiro, o orifício no topo não é para decoração, ele tem uma função. Depois que essa “esfiha” é assada, um caldo de carne pode ser despejado no orifício para deixar o “etchpotchmak” mais suculento. Em segundo lugar, as bordas trançadas são para evitar que o recheio caia. Normalmente, o prato é feito com carne de cordeiro, mas também se pode usar carne bovina. Vale ressaltar que uma carne mais gorda e saborosa e uma grande quantidade de cebola farão com que o recheio fique mais suculento.

Toda refeição tártara tem “etchpotchmak”, que geralmente é servido com uma sopa tipo caldo ou chá. Ele está em todos os cafés ou mercados de alimentos, não apenas no Tatarstão, mas também nos restaurantes tártaros por toda a Rússia.

Ingredientes:

Para 14 tortas

Massa:

150 ml de leite;

400 g de farinha;

1 ovos;

85 g de creme de leite (30% de teor de gordura);

60 g de manteiga;

1 colher de sopa de açúcar;

1 colher de chá de sal;

18 g de fermento fresco.

Para o recheio:

400 g de carne de cordeiro (com gordura);

100 g de batata;

200 g de cebola;

Pimenta preta;

Cominho;

1 colher de sopa de sal;

150 g de manteiga.

Modo de preparo:

  1. Misture o leite e os ovos e acrescente o açúcar e o fermento. Mexa até que o fermento se dissolva.
  2. Peneire 1/3 da farinha. Mexa com um batedor de mão.
  3. Adicione a manteiga derretida (mas sem estar quente), o creme de leite e, em seguida, mexa bem essa massa líquida.
  4. Peneire o resto da farinha misturada com o sal e bata na batedeira por 15 a 20 minutos.
  5. Cubra a massa com filme plástico e deixe descansar em um lugar morno por cerca de uma hora até que cresça e dobre de tamanho.
  1. Enquanto isso, corte a carne, a cebola e as batatas em cubos de 4 a 5 mm. Mantenha todos esses ingredientes separados.
  2. Depois que a massa dobrar de tamanho, reserve por mais 20 minutos.
  3. Amasse as cebolas para que fiquem mais macias. Adicione sal, especiarias e misture todos os ingredientes do recheio.
  4. Deixe o recheio descansar enquanto a massa cresce novamente, como no ponto n° 7.
  1. Pegue a massa e a divida em pedaços de cerca de 50 g cada. Faça pequenas bolas e mantenha-as debaixo de um pano enquanto trabalha com o resto.
  1. Amasse uma bola e coloque uma colher de sopa do recheio no meio.
  1. Dobre as bordas, formando um triângulo com um furo no meio.
  1. Certifique-se de fazer meticulosamente as bordas.
  1. Coloque os “etchpotchmaks” em uma bandeja (não muito próximas umas das outras), cubra com uma toalha e deixe descansar e crescer um pouco.
  1. Asse seus “etchpotchmaks” por cerca de 45 minutos a 180 graus Celsius.
  2. Quando estiverem prontos, despeje a manteiga derretida nos orifícios, espalhando-a por cima de cada “etchpotchmak” com um pincel.
  1. Sirva com uma sopa tipo caldo ou chá.

Priátnogo appetíta!

LEIA TAMBÉM: Nardek, o mel de melancia que não tem mel algum; aprenda receita

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies