Maçãs assadas, o café da manhã russo dos campeões (RECEITA)

Victoria Drey
É outono na Rússia e o país está cheio de maçãs – inclusive em árvores carregadas em plena Moscou. Mas não importa a estação: esta sobremesa de baixo valor calórico é de babar!

Não é exagero dizer que a maçã é a rainha das frutas na cultura eslava. Ela simboliza saúde, amor e fertilidade e tinha grande importância na mesa de jantar em rituais e cerimônias como noivados, casamentos religiosos e quase todos os feriados.

Existem, literalmente, dezenas de maneiras de cozinhar e usar as maçãs desde os tempos da antiga Rus (o Estado que precedeu o Império Russo) - por exemplo, desidratação, salmoura, fermentação etc. Isso se deve, provavelmente, a safras abundantes que não conseguiam ser consumidas.

As maçãs assadas, por exemplo, eram inicialmente usadas ​​como guarnição para carned, como ganso assado recheado com maçãs. Mais tarde, porém, foram elevadas à condição de prato “per se”.

A maneira mais fácil de assar as maçãs é simplesmente cortá-las ao meio ou em quatro e, depois, levá-las ao forno convencional ou microondas por 10 a 15 minutos. Adicionando algum tipo de recheio torna essas frutas um café da manhã completo ou uma sobremesa saudável e com baixo valor calórico.

As maçãs combinam com diversos recheios: o mais clássico é uma mistura de “tvôrog” (ricota) com mel, nozes e passas. Também fica uma delícia com bagas mais azedas, como amora, e ainda aveia e frutas secas.

Outro ponto positivo desta receita é que ela não é sazonal: os ingredientes são fáceis de encontrar nos mercados durante todo o ano. Mas eu gosto de fazê-la especialmente no outono, quando as maçãs estão frescas e um têm sabor e uma textura deliciosos!

Ingredientes:

3 maçãs médias;

100 g de “tvôrog” (ricota);

50 g de mirtilo vermelho/oxicoco;

30 g de nozes comuns ou pecã;

2 colheres de sopa de mel;

½ colher de chá de canela em pó;

Modo de preparo:

  1. Em primeiro lugar, com uma faca pequena e afiada, retire os núcleos de cada maçã, fazendo um buraco no centro e deixando o fundo intacto - certifique-se de retirar todas as sementes. Para esta receita, as maçãs mais azedas funcionam melhor após o cozimento.

2. Agora passe para o recheio: misture o “tvôrog” (ricota) com o mel e as bagas – se você quiser, pode usar bagas congeladas.

3. Pique finamente um punhado de nozes com a faca.

4. Adicione as nozes ao recheio e misture.

5. Recheie cada maçã até a borda e polvilhe o topo com canela.

6. Coloque as maçãs em uma assadeira coberta com uma folha de papel alumínio ou papel manteiga e leve ao forno a 190 graus Celsius por 30 a 40 minutos dependendo do tamanho das maçãs.

7. As maçãs estarão prontas começarem a soltar suco e estiverem macias nas laterais. Então, retire do forno, deixe esfriar por um minuto e sirva ainda quente.

Priátnogo appetíta!

LEIA TAMBÉM: Pastilá, a delícia de maçãs que encantou os tsares

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies