Barrinhas de ricota cobertas de chocolate, uma receita deliciosamente saudável

Victoria Drey
Seu filho não gosta de ricota? É porque ele ainda não experimentou essa guloseima deliciosa que é quase obrigatória no café da manhã de muitos russos, tanto crianças, como adultos.

Eu me lembro de barrinhas de ricota com cobertura de chocolate desde sempre: eu amava essas guloseimas na infância e adoro até hoje. Normalmente, eu gosto de comê-las de manhã.

O principal ingrediente das barrinhas é o "tvôrog", uma ricota russa bem umedecida (mas não se deixe enganar pelos dicionários, ela não é “queijo cottage”, que tem equivalente exato em russo, o “domáchni sir”). Em russo, essas barrinhas são carinhosamente chamadas de "sírok".

A produção em massa das barrinhas de ricota começou em 1950, e logo elas se tornaram populares em Moscou e Leningrado, espalhando-se depois por toda a URSS. Em algumas regiões, porém, elas eram difíceis de encontrar.

Inicialmente, havia barrinhas de ricota com baunilha, cacau e passas. Desde o final dos anos 1990, porém, iniciou-se a produção de outras variedades: com biscoito, damasco, geleia de morango e doce de leite.

Os russos sempre compram as barrinhas e raramente as fazem em casa, mas elas são super fáceis: a base leva só 4 ingredientes básicos, o “tvôrog”, manteiga, açúcar e baunilha. Fazendo em casa, você também pode medir o quão cheios de “substância” quer: usando uma ricota com maior teor de gordura, fica mais gostoso ainda, com menor, fica mais “fit”.

Outra coisa muito legal sobre esses doces é que você pode fazê-los, deixar no freezer por algumas semanas e descongelar alguns na geladeira somente antes de comer.

Para mim, as melhores dessas barrinhas são as que levam só baunilha e cacau, e a receita é tão simples quanto deliciosa!

Ingredientes para a base:

  • 300 g de “tvôrog” (ricota);
  • 40 g de manteiga;
  • 40 g de açúcar;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha;
  • 2 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 1 pitada de sal.

Ingredientes para a cobertura:

  • 80 g de chocolate amargo ou meio-amargo;
  • 20 ml de qualquer óleo vegetal (sem sabor).

Modo de preparo:

1. Em uma tigela grande, misture quase todos os ingredientes: “tvôrog” (ricota), manteiga amolecida, açúcar, essência de baunilha e sal. Eu prefiro a ricota com 9% de teor de gordura. Em seguida, bata a mistura com o mixer para obter uma consistência bastante lisa e cremosa. Se a ricota que você estiver usando for muito seca, acrescente de 2 a 5 colheres de leite para umedecê-la um pouco (a consistência da massa não deve ser nem esfarelando, nem líquida ou escorrendo).

2. Agora, divida a massa em dois e adicione o cacau a metade dela - assim, teremos metade das barrinhas com cacau, e metade apenas com baunilha. Mexa as partes, separadamente, até que fiquem homogêneas e bem lisinhas.

3. A maneira mais fácil de fazer as barrinhas é usando um saco de confeitar com o bico redondo maior ou até mesmo um saco de plástico transparente com uma borda cortada. Basta encher o saco com a massa e espremer barras de 5 a 7 centímetros de comprimento sobre uma tábua coberta com filme plástico ou uma folha de papel manteiga. Deixe no freezer por 2 a 3 horas, até ficar bem firme.

Há pelo menos mais duas outras maneiras de fazer as barrinhas: para obter uma forma cilíndrica ou retangular mais padronizada, use forminhas e preencha-as com a massa. Se você não tiver formas, não se preocupe: pode-se usar qualquer tipo de forma pequena, como aquelas para cupcakes. Além disso, sinta-se à vontade para fazer as barras com as mãos - elas não ficarão lindas de morrer (ou podem ficar até mesmo assustadoras!), mas o sabor será igualmente delicioso!

4. Enquanto as barras estão esfriando no freezer, você tem tempo de sobra para fazer a cobertura: derreta o chocolate em banho-maria, acrescente o óleo e mexa com uma espátula até ficar bem liso e brilhante. A mistura deve estar bem quente e escorrendo antes de você cobrir as barrinhas.

5. Quando as barras estiverem completamente firmes, retire-as do freezer. Trabalhando com uma por vez, coloque as barrinha em um espeto ou palito de dente e mergulhe na cobertura quente ou apenas as cubra de todos os lados usando uma colher de sopa. O melhor é fazer o processo rápido porque a cobertura começa a ficar dura e difícil de espalhar. Você notará como o chocolate fica firme instantaneamente na superfície de uma barrinha fria.

6. Repita o processo em todas as outras barrinhas, coloque-as novamente sobre o papel manteiga e deixe no freezer por mais 20 minutos para que o chocolate endureça completamente. Eu costumo envolver cada barra em um pedaço de papel alumínio e deixo assim. Deixe as barrinhas amolecendo um pouco na geladeira por cerca de meia hora antes de servir e se delicie! 

Priátnogo appetíta! (Bom apetite!)

LEIA TAMBÉM: Chá, o ‘cafezinho’ dos russos

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies