A melhor receita de borsch da estratosfera (bônus: segredos dos chefs russos!)

Legion Media
Se quiser que sua sopa de beterraba finalmente dê certo, siga esta receita e aproveite os 5 segredos essenciais ao prato que revelamos aqui!

A origem do borsch é desconhecida. A receita provavelmente surgiu nas terras da Rus de Kiev, Estado que precedeu a Rússia. Hoje, a sopa goza de imensa popularidade e difere em toda a Europa Oriental.

Na Ucrânia, por exemplo, não existe borsch sem beterraba e banha. Na Rússia, a sopa costumava ser a mais azedinha, com folhas de repolho e até cogumelos. A partir do início dos anos 1930, começou-se a adicionar batatas, tomates e pimentões ao borsch russo. Nos tempos soviéticos, a sopa estava nos cardápios de todos os restaurantes e lanchonetes.

Aqui reunimos segredos essenciais sobre como preparar esta venerável sopa eslava.

1. Quanto maior, melhor

O borsch não é preparado em pequenas quantidades. Você precisará de pelo menos uma panela de 3 litros para começar. Não se preocupe com sobras. Seus amigos estarão bem diante da porta quando souberem que você está fazendo borsch. E se não estiverem, este é o tipo de sopa que fica ainda mais gostosa no dia seguinte!

2. Coloque muita carne e ossos

Um borsch incrível começa com um caldo com muita carne. Costelas, cortes de pernil ou rabos de boi são ótimos porque dão aquela baita sustância! Se você tiver ossobuco, nem pense duas vezes em jogar lá dentro!

Em “O Mestre e Margarida”, o escritor Mikhaíl Bulgákov, afirma que o ossobuco é o melhor do borsch! Costelas de porco defumadas ou joelho suíno darão um toque defumado e delicioso. É preciso ter muita carne no borsch!

3. Cuide da sua beterraba

A peculiaridade de cada receita de borsch está principalmente na forma como as beterrabas são cozidas. Elas podem ser preparadas de maneiras diversas: cozidas no vapor, cozidas na água ou assadas.

O melhor jeito de fazer o borsch, porém, é assando as beterrabas, porque isto concentra a doçura natural da raiz e preserva sua cor vibrante. Acrescentar uma colher de vinagre também ajuda na cor.

4. Um toque picante

Pimenta preta, ervas como salsa e endro, louro e uma quantidade extra de alho são muito importantes para conferir sabor ao seu borsch. Outra coisa que acrescenta um gostinho especial à sua sopa é cozinhar os legumes em banha suína.

5. Mais e mais creme de leite azedo

O toque final está em adicionar a cada prato uma colher de creme de leite azedo (“smetâna”, também conhecido pelo nome em inglês, “sour cream”). Ele dá um toque extra que o deixará completamente louco de paixão pela sopa!

Ingredientes:

500 g de carne com osso;

400 g de ossos;

1 joelho de porco defumado;

3 a 4 beterrabas de tamanho médio;

2 cebolas;

1 cenoura;

3 a 4 dentes de alho;

1 pimentão vermelho;

3 a 4 tomates;

2 colheres de sopa de pasta de tomate;

2 a 3 batatas;

½ repolho;

1 colher de sopa de vinagre de mesa;

Folhas de louro

Açúcar, sal e pimenta a gosto

Banha suína;

Folhas frescas de endro, salsinha;

Creme de leite azedo (“smetana” ou “sour cream”).

Modo de preparo:

1. Prepare o caldo de carne. Coloque a carne em uma panela grande e cubra com 3 a 4 litros de água fria. Acrescente as folhas de louro e alguns grãos de pimenta preta. Deixe ferver e retire a espuma e as impurezas com uma escumadeira. Quando o caldo parar de soltar espuma, abaixe o fogo para médio e cubra a panela com uma tampa. Deixe o caldo cozinhar por 2 a 3 horas. Quando a carne estiver descolando do osso, o caldo estará pronto. Retire os ossos e a carne do caldo. Corte a carne em pedaços menores e coloque novamente no caldo. Jogue os ossos fora.

2. Enquanto o caldo estiver cozinhando, prepare as verduras. Lave as beterrabas, misture-as com óleo e embrulhe cada uma em papel alumínio. Aqueça o forno a 200 graus Celsius e asse por uma hora a uma hora e meia, até ficarem macias dentro. Depois de cozidas, descasque e rale as beterrabas.

3. Corte em cubos o pimentão vermelho e os tomates e cozinhe em uma panela com banha de porco. Quando estiver macio, acrescente as beterrabas raladas e, em seguida, uma colher de sopa de açúcar e vinagre. Cozinhe por 3 minutos. Em seguida, acrescente a pasta de tomate e cozinhe por mais 3 minutos.

4. Descasque e rale a cenoura. Corte as cebolas e pique o alho. Em uma panela separada, adicione a banha e frite a cebola até que ela fique macia e translúcida. Acrescente a cenoura ralada à cebola e, depois que a cenoura ficar macia, adicione o alho. Cozinhe por mais um minuto.

5. Ao caldo de carne, adicione a mistura de cebola e cenoura. Deixe ferver e cozinhe por 3 minutos. Em seguida, adicione a mistura de beterraba e leve para ferver novamente.

6. Quando a sopa estiver começando a ferver, descasque e corte as batatas em cubinhos. Acrescente à sopa e cozinhe por 8 a 10 minutos, até que fique macio.

7. Fatie o repolho e acrescente à sopa depois que as batatas estiverem cozidas. O repolho levará cerca de 3 minutos para cozinhar.

8. Depois de acrescentar todas as verduras, tempere o borsch com sal, pimenta preta e ervas. Desligue o fogo, coloque uma tampa na panela e deixe a sopa fazer uma infusão por pelo menos uma hora.

9. Delicie-se com seu borsch! E não se esqueça de acrescentar uma colher de sopa de “smetana” sobre cada prato!

LEIA TAMBÉM: Pelmêni pela Rússia: veja como receita varia ao redor do país

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies