5 receitas com azeda, verdura amada até pelos tsares!

Na sopa, na salada ou na torta, a azeda ou azedinha (em Portugal ela é chamada pelo primeiro nome, no Brasil, pelo segundo) é uma delícia!

No século 17, a azeda (planta do gênero Rúmex) era considerada uma erva daninha na Rússia. O viajante e historiador Adam Olearius descreveu em seu diário, em 1633, como os moscovitas riam dos alemães, que comiam alegremente aquela “erva daninha verde”. Mas, um século depois, tudo mudou, e alguns dos pratos com azeda daqueles tempos ainda fazem parte da cozinha tradicional russa.

  1. Sopa ‘schi’ de azedinha

Esta sopa de verão pode ser feita com azedas frescas ou congeladas. Para prepará-lo, você precisa refogar as cebolas, ferver as batatas e acrescentar a azeda no final. A sopa é geralmente servida com ovo cozido e creme de leite.

  1. ‘Botvinia’, a sopa favorita do imperador

Essa sopa simples era a favorita do imperador Aleksandr 1°. Em uma piada da época se dizia que o imperador tinha enviado uma porção de botvinia ao embaixador da Inglaterra, que nunca a havia provado antes. Mas o servo do embaixador aqueceu a sopa, e o diplomata não pôde apreciá-lo completamente.

O nome da sopa reflete sua essência: ele provém da palavra “botva”, que significa a parte de cima da verdura. E é justamente a “botva” da beterraba que rende nome à sopa.

Modo de preparo: ferva as folhas de beterraba (400 g), espinafre (300 g) e folhas de azeda (300 g) em uma pequena quantidade de água (cerca de 400 ml) por 10 minutos, adicione pepinos picados (2), endro (50 g) e cebolinha (50 g), adicione sal e depois kvass (1 litro). Tradicionalmente, a “botvinia” é servida com peixes e frutos do mar, por exemplo esterlina e caranguejo, mas também cai bem sem eles. Há também uma versão mais dessa sopa, preparada com peixe desde o início da receita (geralmente truta salmonada ou salmão).

  1. Omelete com azedinha no café da manhã

Mesmo quando cozida, a azeda ainda mantém seu sabor fresco e azedo.

Modo de preparo: Lave as folhas de azeda (200 g), corte e cozinhe em uma panela com manteiga por 2 a 3 minutos. Bata os ovos (6) com leite (150 ml) ou nata (com teor de 33% de gordura), adicione sal e despeje a mistura sobre a azeda. Frite a omelete em fogo baixo até que esteja bem cozida.

  1. Salada da dátcha

Adicione azeda e rabanete a sua salada costumeira, e ela imediatamente ficará com um sabor novo. Esta salada fica gostosa com óleo vegetal ou creme de leite azedo por cima.

Modo de preparo: Lave e corte azeda (200 g), rabanete (200 g), tomate (2), pepino (2), cebolinha (50 g), endro e salsa (50 g de cada). Cozinhe 2 ovos, corte-os em cubos. Adicione sal e pimenta, tempere com óleo vegetal (3 colheres de sopa) e misture.

  1. Torta de azedinha

Esta torta com um saboroso recheio de arroz, azeda e ovos cai igualmente bem no café da manhã e no lanche da tarde.

Modo de preparo: Para o recheio, ferva arroz (300 g) e 3 ovos. Para a massa, dissolva fermento (20 g) em água morna (200 ml) ou leite. Adicione azeite (9 colheres de sopa), vinagre de vinho (1 colher de sopa), sal (1 colher de chá), farinha de trigo (700 g) e amasse. Cubra com uma toalha e deixe descansar por 40 minutos. Para o recheio, pique folhas de azeda (700 g), salsa e endro (100 g), cebola (1) e queijo ralado (250 g). Acrescente alho amassado (4 dentes). Adicione o arroz e os ovos cozidos, assim como sal e pimenta a gosto. Misture. Divida a massa em três partes de diferentes tamanhos, para que a camada inferior fique mais espessa do que as outras. Abra a massa da camada inferior e coloque-a em uma assadeira, deixando as bordas penderem. Espalhe metade do recheio na camada inferior, cubra-a com uma segunda camada de massa e faça furos com um garfo. Coloque o restante do recheio e cubra com uma terceira camada de massa. Cubra as bordas. Pincele uma gema na torta. Asse por cerca de uma hora a 180 graus Celsius.

LEIA MAIS: Por que os russos são loucos por melancias?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies