Salada soviética ‘Mimosa’ traz consigo a primavera; aprenda receita

Vasilisa Malinka
Quase todas as festividades na União Soviética eram celebradas com essa salada-bolo. Mas era acima de tudo um sinal do fim do inverno graças à sua semelhança com as flores amarelas da mimosa.

Ninguém sabe quando exatamente a salada “Mimosa” foi criada – nem quem criou essa obra culinária soviética –, mas na década de 1970 essa salada era tradicionalmente o prato principal de qualquer mesa festiva. Na época, até mesmo a popularidade de saladas como Olivier e Arenque sob casaco de pele estavam em declínio. A Mimosa recebeu esse nome por causa de sua camada superior, que feita de gemas de ovo picadas e que muitos começaram a associar com flores de mimosa.

A própria mimosa sempre foi considerada o principal presente para mulheres, em 8 de março, o Dia Internacional da Mulher, que ainda é amplamente celebrado na Rússia. O início de março é a época em que a mimosa começa a florescer, e a primavera vai dando seus primeiros ares. Naturalmente, as pessoas queriam traçar um paralelo entre flores de mimosa, o feriado e a salada.

A melhor coisa sobre essa receita é que ela não requer ingredientes exóticos. Nos tempos soviéticos, nem todos podiam comprar alimentos finos, era preciso dar o melhor usando a pequena variedade de ingredientes à disposição da grande maioria. Não é à toa que salada de mimosa sempre usa peixe enlatado.

LEIA TAMBÉM: Caviar vegetariano, uma iguaria promovida pela mulher de Khruschov 

Embora a salada inclua ingredientes mais simples, o prato sempre fica delicioso e bonito. Sua popularidade se deve ao bom gosto e à simples lista de ingredientes que podem ser facilmente encontrados na cozinha de qualquer pessoa.

Na versão clássica da salada Mimosa vão ovos cozidos, peixe em conserva, cebola, manteiga e maionese. Mas toda família tem sua própria receita especial. Muitos usam batatas, cenouras e queijos, e algumas receitas até incluem croutons.

Ingredientes

200 g de peixe em conserva (de preferência, salmão)
3 batatas
2 cenouras
5 ovos
1 cebola grande
100 g de queijo ralado
300 g de maionese
Sal a gosto

Modo de preparo

Cozinhe as batatas e cenouras por 20 minutos, e os ovos, por 10 minutos. Descasque as batatas cozidas e, em seguida, passe-as por um ralado. Adicione sal a gosto. Coloque as batatas no fundo da forma e cubra com maionese.

Deixe escorrer o líquido (água ou óleo) da lata e corte o peixe em pedaços pequenos. Distribua o peixe sobre as batatas, e cubra novamente com maionese. Depois de os ovos esfriarem, separe as gemas das claras. Faça uma camada com as claras picadas, acrescente sal e cubra com maionese.

Pique a cebola e deixe-a em água fervente por 5 minutos. Escorra a água, adicione uma pitada de sal e coloque a cebola sobre as claras, cobrindo com maionese.

Descasque as cenouras, rale-as e coloque sobre a cebola, acrescentando sal e cobrindo com mais uma camada de maionese.

Salpique queijo ralado e cubra com mais uma camada fina de maionese. Para decorar, coloque as gemas cozidas e raladas e um pouco de endro sobre a salada.

Priátnogo appetita!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies