8 raças de gatos nativas da Rússia

De felinos adaptados à neve a peladões, conheça os tipos de gatos mais famosos no país.

O Azul Russo é a raça felina russa mais popular de todas. Reza a lenda que os marinheiros ingleses teriam levado consigo esse belo gato cinzento tingido de azul de Arkhanguelsk, uma cidade portuária no norte da Rússia.

O Siberiano. Esse tipo de gato surge mencionado pela primeira vez em fontes do século 16. Naquela época, eram chamados de Bukharskie, provavelmente porque foram trazidos para a Rússia da grande cidade comercial de Bukhara, no Uzbequistão. Hoje, podem ser encontrados em qualquer parte do país, mas, como a raça apareceu na Sibéria, ela continua sendo conhecida como siberiana. Devido ao clima local com neve e frio, esse gatos têm uma pelagem grossa e comprida, com uma volumosa proteção interna.

Gato Donskoy. A história do gato de Donskoy, que lembra o Sphynx canadense, começa em fevereiro de 1986, na cidade de Rostov-no-Don. Ao voltar certo dia para casa, uma moradora local chamada Elena Kovaleva resgatou uma gatinha que estava sendo judiada por um grupo de garotos. Mais tarde, a gata perdeu o pelo todo, mas os veterinários não encontraram nada de errado com ela. Pouco depois, a gata deu à luz uma ninhada e esses gatinhos foram os primeiros a ser chamados de Donskoy Sphynx.

O Kurilian Bobtail descende dos bobtails japoneses. No Japão, eles foram domesticados em tempos, mas voltaram para a natureza novamente e recuperaram alguns traços dos gatos selvagens. Com suas garras afiadas que fazem lembrar anzóis, os bobtails sobem em árvores, caçam pássaros, roedores e até peixes, pois não têm medo de água.

O Neva Masquerade Siberiano é um gato colorpoint de pelagem longa com olhos azuis brilhantes. O nome vem do fato de parecer que ele está usando uma máscara de baile de fantasia. É uma versão do siberiano.

O Peterbald (Petersburg Sphynx) tem a forma do crânio muito característica: alongado e estreito, com um perfil reto, olhos amendoados e orelhas grandes. O gene que o deixou pelado foi herdado do Donskoy, mas a forma do seu corpo vem do Siamês. Sua pelagem varia entre a total inexistência e os chamados “veludo” ou “escova”.

Ural Rex. A primeira menção ao Ural Rex, gato com pelo encaracolado que habitava nos Urais, remonta ao período ainda antes da guerra. Após a Segunda Guerra Mundial, o seu número foi se reduzindo e eles foram considerados extintos.

Mekong Bobtail. Os primeiros siameses, ou melhor, os ancestrais de todas as espécies subsequentes, incluindo o Mekong Bobtail, foram levados à Rússia para a Europa em 1884 a partir da capital do Sião, atual Tailândia. Eles chegaram à América em 1890 e à Rússia – no início do século 20. No entanto, o primeiro padrão da raça Bobtail Mekong foi proposto por O. Mironova, de São Petersburgo, e adotado por especialistas felinos apenas em Dezembro de 1994.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.

Leia mais