Carros de corrida soviéticos; veja fotos

ЗИЛ-112/1

ЗИЛ-112/1

Serguêi Vássin/MAMM/MDF/russiainphoto.ru
Embora as primeiras competições automobilísticas tenham se iniciado apenas em 1950 no país, os esportes motorizados desenvolveram-se rapidamente ali.

A Primeira Guerra Mundial e a Revolução de 1917 refrearam o desenvolvimento de automóveis de passeio no Império Russo.

Só no final da década de 1930 as novas autoridades soviéticas reconheceram que o esporte automóvel poderia beneficiar a indústria automobilística da URSS, uma vez que os carros de corrida experimentais permitem testar novas peças e sistemas antes da sua produção em série.

GAZ-GL-1

O primeiro carro de corrida soviético surgiu em 1938. Foi batizado de GAZ-GL-1 e tinha um motor de 65 cavalos de potência. A segunda geração do carro, já com um motor de 100 cavalos de potência, estabeleceu o primeiro recorde oficial de velocidade da URSS em 1940, atingindo 161,87 km/h. Embora fosse bastante modesto, foi um avanço significativo para o esporte automobilísticosoviético.

Devido à Segunda Guerra Mundial, não houve corridas na URSS por mais de seis anos. Após a guerra, alguns carros esportivos alemães foram levados para a URSS para reparações. O carro de corridas alemão Typ 650 foi transformado num modelo de fabrico soviético chamado Sokol-650.

Sokol Typ 650

O Moskvich-400 produzido na URSS no final dos anos 1940 e no início dos anos 1950 era idêntico ao Opel Kadett K38, outro carro montado na Alemanha entre 1937 e 1940.

O primeiro campeonato de corridas de automóveis na União Soviética foi realizado em 1950. Foi uma corrida de 300 km por estradas públicas no oeste da região de Moscou.

A primeira corrida num circuito aconteceu em 1955, quando a Federação Automobilística Internacional aceitou o Clube Central Automóvel da URSS como seu membro.

Em 1956, três tipos de carros participaram das corridas: Moskvich 401, Moskvich 402 e GAZ-20 Pobeda.

O piloto Mikhail Metelev venceu a corrida e tornou-se o primeiro campeão da URSS, dirigindo um GAZ-SG-1 também conhecido como Pobeda-Sport, com um motor de 80 cavalos de potência.

O segundo lugar foi ocupado por Viacheslav Mossolov que dirigiu o mesmo modelo do Pobeda.

O terceiro piloto foi Boris Kurbatov, que dirigiu um ZIL-112/1 com um sistema de travagem modernizado.

Gradualmente, os esportes motorizados ganharam popularidade na União Soviética. Foram realizadas competições de esportes motorizados em várias disciplinas: ralis, corridas, kart etc.

Pilotos de países socialistas competiram regularmente pela Taça da Amizade e participaram de corridas regionais.

Москвич 412, ВАЗ 2101, ВАЗ 2101, Москвич 412

Em 1971, os pilotos soviéticos participaram pela primeira vez da corrida "Spa" de 24 horas na Bélgica. Os dois carros soviéticos Moskvich-412 terminaram nos dois últimos lugares.

VAZ-2101

Mais tarde, diferentes modelos da fábrica VAZ se tornaram populares entre os pilotos soviéticos.

HADI-9

Os engenheiros soviéticos também desenvolveram um carro que podia atingir a velocidade do som de 1.190 km/h. O único carro soviético que recebeu o nome HADI-9 tinha um motor a jato do caça MiG-19, mas, devido a muitas dificuldades, ele nunca foi testado na sua capacidade total e nunca atingiu sua velocidade máxima.

VEJA TAMBÉM: O carro que era o sonho de toda criança soviética

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies