Garotas também eram chamariz de anúncios de carros na URSS; veja fotos

A produção automobilística da URSS não precisava, em essência, de publicidade, já que para comprar um carro era preciso entrar em uma fila e esperar alguns anos. Mesmo assim, o governo fazia campanhas de marketing e alguns modelos eram exportados.

 “Zaporojets” 

O veículo leve ZAZ-966 da fábrica Zaparojski (conhecido apenas como “Zaparojets”). Foto de 1970.

Publicidade de automóvel ZAZ-965, que circulou entre 1960 e 1963.

Publicidade de ZAZ-966V. Este “Zaporojets” foi exportado.

Publicidade de ZAZ-966V, que circulou entre 1966 e 1972.

Publicidade de “Zaporojets” ZAZ-968.

A marca VAZ 

Publicidade de um automóvel VAZ-2101 “Jiguli”, o primeiro modelo da fábrica Volga. Ele era mais conhecido pelos soviéticos como “kopeika”.

 

VAZ- 2101.

Publicidade da perua “Jiguli” VAZ-2102.

O “Jiguli” sedã VAZ-2103 (conhecido no Brasil apenas como Lada) foi construído com base no Fiat 124. Ele foi exportado rebatizado como Lada 1500.

Publicidade de Lada-110 (VAZ-21012) para a Grã-Bretanha.

Publicidade de off-road VAZ -2121 Lada “Niva”, até hoje extremamente popula re “imbatível”.

Lada Niva.

Publicidade de automóvel VAZ-2109 “Sputnik” com hatchback (mais conhecido sob o apelido “deviátka”). Ele entrou no mercado em 1987.

 

“Moskvitch”

Veículo leve “Moskvitch-408”. Fabricado em Moscou pela fábrica MZMA (AZLK) entre 1964 e 1975.

Publicidade de “Moskvitch”-408, em 1964.

Publicidade de automóvel “Moskvitch”-408, em 1964.

GAZ (Volga)

Veículo leve “Volga” GAZ-24. Feito na Fábrica de Automóveis Górki.

Publicidade de GAZ-21K “Volga” para o mercado alemão.

Publicidade de “Volga” GAZ-24.

Gaz-24 “Volga”.

LEIA TAMBÉM: Por que a URSS lançava comerciais para produtos inexistentes

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies