Moscou para aposentados: os melhores passeios para curtir a capital sem cansar muito

Getty Images
Capital oferece diversas atrações interessantes para pessoas mais velhas que queiram conhecer o melhor da Rússia sem andar quilômetros.

Do bunker de Stálin aos cosmos

Se a ideia de viajar à Rússia faz lembrar das memórias e medos da Guerra Fria, então não deixe de visitar Bunker 42, no distrito de Taganka, em Moscou.

Situado no centro da cidade, é o primeiro abrigo antinuclear construído no território da ex-URSS, atualmente aberto aos visitantes. Ali, 65 metros abaixo do solo, ficaram por um tempo o posto de comando da aviação soviética e o gabinete de Stálin.

Se não quiser reviver eventos dramáticos, embora nutra uma curiosidade pelo passado da Rússia, outra opção é o museu dedicado à exploração espacial. 

Bunker de Stálin

Os tesouros escondidos do Kremlin

Sem ir muito longe, o Kremlin, no centro da capital, oferece uma série de atrações e museus que merecem ser vistos.

Do Palácio do Arsenal do Kremlin (que contém mais de 4.000 itens antigos em exposição) à Catedral do Arcanjo Miguel (local de sepultamento dos grandes príncipes de Moscou e dos primeiros tsares russos), as muralhas do Kremlin guardam tesouros de valor inestimável.

Palácio do Arsenal do Kremlin

Também vale a pena ver o Canhão do Tsar, arma gigante encomendada em 1586 e atualmente preservada dentro das muralhas do Kremlin e o Sino do Tsar, que tornou-se uma lenda, porque, além de ser enorme, jamais foi tocado.

LEIA TAMBÉM: Russo inaugura agência para modelos com mais de 60 anos 

No final da visita, caminhe pela rua em frente à Praça Vermelha e observe o Teatro Bolshoi, nas proximidades, ao luar – o programa perfeito para completar seu dia.

Não se esqueça que a alguns passos está o Parque Zariadie, uma nova área verde da capital onde foram recriadas as diferentes zonas climáticas do país, da tundra à taiga, e indicado pela revista “Time” como um dos melhores locais para visitar no mundo

Parque Zariadie

Passeio de barco no rio Moscou

Moscou vista do rio é uma experiência à parte devido à posição privilegiada e as diversas atrações ao longo do trajeto. As ofertas de barcos são muitas e variam em preço, duração e serviços oferecidos a bordo. Entre as rotas mais comuns estão aquelas que passam pelo Parque Górki, Kremlin, Catedral de São Basílio, Catedral de Cristo Salvador e o gigantesco e polêmico monumento a Pedro, o Grande.

Monumento a Pedro, o Grande

Para quem deseja passear pelos arredores de Moscou, uma boa opção é o mosteiro de Ugrecha. De acordo com a lenda, foi fundado em 1380 pelo príncipe de Moscou Dmítri Donskoi durante uma batalha com os tártaros. É possível chegar lá de barco; durante a jornada, é também possível admirar a propriedade medieval em Kolomenskoie. Uma maneira confortável e alternativa de passear sem andar muito.

Kolomenskoie

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Então assine nossa newsletter semanal ou diária.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies