5 curiosidades sobre as Sete Irmãs de Stálin

Arranha-céus deram origem a estilo arquitetônico conhecido como Classicismo Monumental, ou Arquitetura Stalinista

Arranha-céus deram origem a estilo arquitetônico conhecido como Classicismo Monumental, ou Arquitetura Stalinista

Legion Media
Símbolos do progresso soviético, e atualmente de Moscou, edifícios escondem segredos desde construção e até debaixo da terra.

Abrigos subterrâneos

Com a Segunda Guerra Mundial ainda fresca na memória, e a Guerra Fria em pleno andamento, os arranha-céus de Stálin foram projetados com precauções em mente: cada edifício tinha seu próprio bunker subterrâneo, fornecendo abrigo a todos os residentes em caso de ataque surpresa. Há rumores de que existe, inclusive, um abrigo de comando, totalmente equipado, sob o único edifício do governo entre as Irmãs, o do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Há um bunker debaixo do prédio residencial na Praça Kudrinskaya que tem acesso para os tipos mais aventureiros.

Inclinação proposital

O arranha-céu perto da estação de metro Krasnye Vorota foi provavelmente o mais desafiador para os engenheiros soviéticos. A construção da estação, que acontecia

simultaneamente, liberou uma corrente de água subterrânea, e, para continuar as obras, os engenheiros tiveram que congelar a água, o que gerou um desnível no solo. Os construtores calcularam o grau de inclinação artificial necessária para neutralizar a inclinação que inevitavelmente ocorreria quando a água derretesse, e o prédio se estabelecesse no solo. Quando a construção acabou, o prédio inclinado simplesmente encaixou na posição certa – uma solução de engenharia muito arriscada e incomum.

Irmãs europeias

Como um gesto de boa vontade, Stálin sancionou a construção de arranha-céus semelhantes nas capitais de outros países da URSS. Clones das Irmãs podem ser encontrados em Varsóvia (Palácio da Cultura e Ciência), Praga (Hotel Internacional), Bucareste (Casa da Imprensa Livre) e Kiev (Hotel Ucrânia).

Novo estilo arquitetônico

Os sete arranha-céus deram origem a um estilo arquitetônico único conhecido como Classicismo Monumental, ou Arquitetura Stalinista, inspirado pelos arranha-céus norte-americanos. Todos os edifícios era esplendorosos, luxuosos e grandiosos. Após a morte de Stálin, o governo soviético emitiu um decreto condenando os excessos arquitetônicos, o que praticamente acabou com o famoso estilo.

Parecido, mas diferente

Há algumas semanas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros recebeu um novo topo, dando origem a uma enxurrada de comentários sobre sua aparência. Soube-se, porém, que o campanário original não havia sido planejado originalmente e foi erguido apenas por ordem de Stálin porque, segundo ele, o prédio parecia “muito americano”.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies