Explorador idoso russo cruzará Pacífico em catamarã movido a energia solar

Agência Moskva
Aos 70 anos de idade, o padre viajante Fiódor Kôniukhov pretende navegar 16.500 quilômetros para ir do Chile à Austrália em cinco meses.

O renomado viajante russo Fiódor Kôniukhov embarcará no próximo mês de dezembro em uma expedição marítima de cinco meses, partindo da cidade chilena de Valparaíso até o porto australiano de Brisbane em um catamarã movido a energia solar, de acordo com a agência de notícias a Ria Nôvosti.

Para a travessia, Kôniukhov utilizará um catamarã de dois cascos “Nova”, de 11 metros de comprimento de fora a fora e 7 metros de boca náutica, com velocidade entre 5 e 7 nós.

A embarcação não polui e pode resistir a tempestades marítimas até a categoria 8.

Após finalizar a expedição, Kôniukhov pretende dar a volta ao mundo duas vezes em um balão sem pousar. Além disso, em novembro de 2022 ele tem planos de percorrer em 180 dias em um barco a remo a distância entre o Cabo Hornos, no extremo sul do continente americano, e a Austrália.

 

LEIA TAMBÉM: 10 pinturas do lendário viajante Fiódor Kôniukhov

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies