Novas espécies de insetos são descobertas no Extremo Oriente russo

Primera cigarra encontrada na região de Khabárovsk

Primera cigarra encontrada na região de Khabárovsk

Intituição Orçamentária Estatal Zapovédnoie Priamúrie

Cientistas descobriram várias novas espécies de insetos no território de Khabárovsk, no Extremo Oriente da Rússia. Segundo a rádio e televisão estatal Dalnevostóchnaia, já foram coletados cerca de 300 exemplares.

Os entomologistas trabalharam em terras protegidas no distrito de Komsomolski por duas semanas, percorrendo cerca de 100 quilômetros. No trajeto, eles perceberam dezenas de pedras sob as quais os insetos estavam se escondendo.

“Pelo menos 10 novas espécies de vaga-lumes foram encontradas na área. Até então eram conhecidas cerca de 180 a 190 espécies de vaga-lumes. Agora a lista cresceu ao menos 20%”, disse Olga Kubérskaia, pesquisadora sênior da Reserva Natural Komsomolski da Instituição Orçamentária Estatal Zapovédnoie Priamúrie.

As particularidades do território do Extremo Oriente costumam atrair cientistas russos e estrangeiros. Todas as descobertas e os resultados das expedições em áreas protegidas constam nos anuários sobre a natureza.

VEJA TAMBÉM: Seca faz moradores da Iákutia pescarem carpas na lama com as mãos

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies