Uniformes da Rússia para as Olimpíadas de Tóquio são apresentados... sem bandeira

Zasport
Trajes não possuem bandeira nem escudo em respeito a regras de participação nos Jogos.

Os uniformes dos atletas russos e dos membros das delegações das Olimpíadas de Tóquio foram apresentados no pavilhão Cosmos do VDNKh, em Moscou, na semana passada. 

No entanto, de acordo com a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) sobre o litígio entre a Agência Mundial Antidoping (WADA. na sigla em inglês) e a Agência Antidoping da Rússia (Rusada, na sigla em russo), foram impostas restrições à participação de atletas russos em grandes competições internacionais; desse modo, as roupas não podem conter bandeira, hino e emblema nacionais.

“O símbolo mais importante é a bandeira, não podemos usá-la. Mas usamos as cores da bandeira. Nos testes que eles viram, a bandeira nacional é claramente visível”, disse Stanislav Pozdniakov, presidente do Comitê Olímpico Russo (COR).

Os atletas e membros da delegação russa receberão um kit que inclui cerca de 60 peças de vestuário da marca Zasport.

Anna Kikina, a única mulher na equipe de cosmonautas da agência espacial russa Roscosmos, é a embaixadora da coleção.

“Não podíamos ignorar a possibilidade de nossos atletas irem para Tóquio sob bandeira neutra. É por isso que nossa equipe desenvolveu duas opções de conjunto com padrões de corte idênticos, com partes que podem ser facilmente abotoadas e desabotoadas. As coleções da Zasport para Pyeongchang [anterior] e Tóquio estão ligadas pelo tema do espaço e pelo repensar das tradições esportivas soviéticas, mas no caso dos Jogos de Tóquio optamos por cores e gráficos vívidos”, explicou Anastassia Zadorina, fundadora da marca Zasport.

Ainda segundo a marca, a coleção “Tokyo 2021” apresenta uma mistura de elementos russos e japoneses: listras tricolores nas jaquetas abertas em forma de leque, a estampa nas malas que lembra brotos de bambu e o design da camiseta e as linhas nas solas dos calçados inspiradas na famosa “Grande Onda de Kanagaw”, entre outros detalhes.

Dentro dos trajes de desfile e treino, os atletas encontram ainda um talismã: votos de boa sorte. Os principais materiais usados para compor a coleção foram algodão e tecidos refrescantes projetados para o clima quente do Japão na época dos Jogos Olímpicos.

LEIA TAMBÉM: Conheça Anna Scherbakova, a mais nova campeã mundial de patinação artística da Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies