Hospitalizações por covid-19 caem 20% em São Petersburgo

Reuters
Rússia registrou menor número diário de novos casos de coronavírus desde 10 de outubro.

O número de hospitalizações por covid-19 na cidade russa de São Petersburgo caiu mais de 20% na semana passada, publicou o presidente do Comitê de Saúde da cidade, Dmítri Lisovets, na rede VKontakte na segunda-feira (15). São Petersburgo tem o segundo maior número de casos de coronavírus no país depois de Moscou.

“Um total de 2.365 pacientes com coronavírus e pacientes com suspeita de covid-19 foram levados a hospitais na semana passada. Esse número era de 2.959 na semana retrasada. Dito isso, o número de internações hospitalares caiu em mais de 20%”, destacou Lisovets.

As instalações médicas da cidade, que foram transformadas em hospitais exclusivos para tratar covid-19, estão começando a voltar às operações normais.

Ainda segundo Lisovets, o número de vacinações contra o coronavírus em São Petersburgo dobrou desde meados de janeiro. A rede local de centros de vacinação inclui 121 unidades. Além disso, equipes móveis de vacinação estão imunizando pessoas em espaços públicos. “Também planejamos instalar postos de vacinação em shoppings”, acrescentou a autoridade.

Nesta segunda-feira, o presidente russo Vladimir Putin instruiu o governo a analisar a eficácia das vacinas russas contra as novas cepas do coronavírus.

De acordo com a lista de instruções publicada no site do Kremlin, o governo deve “garantir a análise e avaliação da eficácia das vacinas nacionais para a prevenção da nova infecção por coronavírus em relação às novas cepas do vírus (...) e, se necessário, conduzir uma pesquisa adicional das vacinas e fazer alterações em seu dossiê de registro”.

Putin espera um relatório sobre o assunto antes de 15 de março, e depois a cada semestre.

Nas últimas 24 horas, a Rússia registrou 13.233 novos casos de coronavírus, o menor número desde 10 de outubro, segundo informações do centro de crise anticoronavírus. No mesmo período, 459 pacientes morreram de covid-19, elevando o número total de mortes para 80.979, bem como 17.627 recuperados (3.624.663 no total). O número total de casos desde o início da pandemia chegou a 4.099.323 na Rússia.

LEIA TAMBÉM: Principais descobertas até agora de todas as 3 fases de testes com a vacina Sputnik V

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies