Cuba, México, República Dominicana e outros 5 países abrem suas fronteiras para turistas russos

unsplash.com
Condições de viagem não serão rigorosas, segundo a Associação de Operadores Turísticos da Rússia.

Na última terça-feira (14 de julho), a Associação de Operadores Turísticos da Rússia anunciou que oito países estão prontos para receber turistas russos. Entre eles estão Cuba, República Dominicana, México, Maldivas, Croácia, Egito e Emirados Árabes Unidos.

A embaixada cubana em Moscou confirmou ao jornal Izvestia que a ilha está pronta para receber turistas russos.

Cuba poderá receber voos fretados de operadores turísticos russos em três centros turísticos: Cayo Coco, Cayo Guillermo e Cayo Cruz. O voos serão recebidos nos aeroportos internacionais de Jardines de Rey, Santa Clara, Cayo Santamaria e Cayo Largo del Sur.

"Os testes [da infecção por coronavírus] serão obrigatórios e gratuitos", disse o representante da missão diplomática.

A República Dominicana aboliu o regime de emergência e está aberta para turistas desde 1° de julho. No entanto, a embaixada da Rússia na República Dominicana declarou ao jornal Izvéstia ser cedo demais para que os turistas russos visitem o país nos próximos meses.

"A situação da epidemia na República Dominicana está longe de ser favorável ao turismo. Após o levantamento da quarentena e as eleições presidenciais em 5 de julho, o número de pessoas infectadas aumentou drasticamente", declarou o embaixador russo.

Quanto ao México, a Embaixada da Rússia no país informa que as autoridades locais não tomaram qualquer decisão para introduzir medidas restritivas sobre a entrada de cidadãos russos, apesar da dificuldade com a epidemia ali.

LEIA TAMBÉM: Rússia fornecerá 300 mil caixas de medicamento para covid-19 ao Brasil

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies