Moscou ganha 1º monumento do mundo dedicado aos entregadores de delivery; veja fotos

mskagency
Mais de 60.000 atuaram incessantemente na capital russa durante a quarentena.

“Para aqueles que tornaram possível a quarentena”. Esta é a mensagem escrita no monumento inaugurado recentemente no terreno da fábrica Riabovskaia, em Moscou.

A estátua foi proposta pelas principais lojas on-line da Rússia como agradecimento pelo trabalho dos entregadores durante a quarentena. Para os idealizadores, o papel desses trabalhadores, que “permitiram que as pessoas tivessem tudo o que precisavam durante a pandemia e o período de autoisolamento”, deve ser ressaltado.

“Durante a pandemia, os entregadores foram o principal elo que ligava o mundo exterior às nossas casas. Foram os entregadores que foram trabalhar todos os dias sem sequer pensar na façanha”, diz o autor do monumento, Aleksêi Garikovitch.

Cerca de 60.000 entregadores trabalharam ininterruptamente em Moscou durante os piores momentos do isolamento imposto pelo avanço da covid-19.

LEIA TAMBÉM: Como os artistas russos estão retratando a quarentena e o isolamento

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies