Onde vive Ded Moroz, o Papai Noel russo?

TASS
Ao contrário do bom velhinho ocidental, principal figura do Ano Novo na Rússia não mora no Polo Norte. Na verdade, ele dispõe de várias casas por toda a Rússia – uma necessidade, considerando todos os visitantes que recebe em qualquer época do ano.

Na Rússia, o vovô bondoso que traz presentes para as crianças no Ano Novo (os russos celebram o Natal de modo diferente dos brasileiros) chama-se Ded Moroz – Vovô do Gelo, em tradução literal. Trata-se de um personagem de conto de fadas da mitologia eslava que personifica o inverno e o frio.

Assim como seu colega ocidental Papai Noel, o Ded Moroz russo recebe cartinhas das crianças, nas quais contam ao bom velhinho o que sonham ganhar e como se comportaram durante o ano. No entanto, ao contrário do Papai Noel, Ded Moroz não tem uma, mas várias casas!

Residência principal é em Velíki Ustiug

A propriedade ancestral de Ded Moroz está situada em uma floresta de pinheiros a 15 quilômetros de uma das cidades mais bonitas do norte da Rússia, Velíki Ustiug (cerca de 450 quilômetros a nordeste de Vologda, capital da região homônima). A propriedade foi oficialmente aberta a visitantes em 1998 e recebe mais de 250.000 turistas anualmente.

Embora seja acessível o ano todo, as principais festividades começam após 18 de novembro, data em que é celebrado o aniversário de Ded Moroz – além de ser o dia em que o inverno chegaao norte da Rússia. Ali, o bom velhinho russo mora com sua esposa Zima (Inverno, em russo) e ajudantes.

As posses de Ded Moroz são bastante extensas: nas instalações de sua residência há uma agência dos correios (onde são entregues todas as cartas endereçadas a “Ded Moroz”), um parque temático infantil, uma feira, uma geleira (mantida a 15ºC durante o ano todo, para que o Vovô do Gelo não derreta) e o Caminho dos Contos de Fadas.

A casa de Ded Moroz é feita de madeira em forma de um tradicional casebre russo de dois andares – e é conhecida como o Centro do Controle Mágico. Em seu interior, possui 12 quartos, cada qual retratando a vida cotidiana de Ded Moroz. Um dos quartos é uma biblioteca, o outro é um observatório, o terceiro é um vestiário, e o quarto tem temática de contos de fadas infantis. E uma quinta sala é destinada aos presentes. Sim, Ded Moroz também gosta de presentes! Geralmente, ele os recebe de seus “colegas” de outras regiões do país e do mundo. Os demais quartos são usados por seus ajudantes, que trazem cartas, fazem presentes e costuram suas roupas.

A mais mágica, porém, é a Sala dos Desejos. Dizem que todos os desejos feitos lá ao toque de um pequeno sino se tornam realidade dentro de um ano. Quando Ded Moroz vai se deitar, ele sonha com os pedidos de seus visitantes, e é assim que ele conhece todos os desejos. Todos os dias ele dispõe de um travesseiro novo: o menor é para segunda-feira, e o maior para domingo, já que grande parte dos visitantes chegam no fim de semana – e ele tem que sonhar mais para dar conta de todos os desejos.

A propósito, as crianças que visitam sua residência podem também ingressar na Escola de Magia e receber um certificado que as qualifica como ajudantes de Ded Moroz. O curso é desafiador e inclui estudos de geada, escultura no gelo e ética das mensagens mágicas. Mas as crianças geralmente nunca perdem essas lições.

Propriedade(s) em Moscou

Ded Moroz também conta com uma “filial” no Parque Kuzminki, no sudoeste de Moscou. O Papai Noel russo costuma visitar a capital e lá receber visitantes. Durante as festas de Ano Novo são inaugurados nesse espaço uma feira, uma pista de patinação no gelo e até mesmo um teatro onde os ajudantes do vovô se apresentam.

É possível visitar essa propriedade durante todo o ano, mas, para dar uma espiada na casa de Ded Moroz, reserve com antecedência, pois não é sempre que ele está por ali.

Além dessa propriedade na capital, o Vovô do Gelo adquiriu, há algum tempo, alguns apartamentosno 55º andar da Empire Tower, na zona empresarial de Moscou conhecida como Moscow City. Mas só é possível vê-lo lá na época de Ano Novo.

Residência de Sniegúrotchka em Kostromá

Ded Moroz possui uma neta, chamada Sniegúrotchka [Donzela da Neve], que sempre o ajuda a distribuir presentes. Ela tem sua própria casinha em Kostromá, uma cidade antiga às margens do rio Volga, onde mora com um gato falante chamado Kot Baiun (que pode levar uma pessoa a dormir em minutos) e seus ajudantes (os espíritos responsáveis ​​pela ordem em casa). Ded Moroz costuma visitá-la, trazendo presentes não apenas para ela, mas também para seus visitantes. A Donzela da Neve também não gosta de calor e é por isso que tem uma Câmara de Gelo, na qual sempre pode se refrescar com um sorvete. Ah, ela também tem uma caixa de correio para Ded Moroz.

Onde mais é possível conhecer Ded Moroz?

Qış Babay.

Muitos grupos étnicos na Rússia têm seus próprios Papais Noéis de inverno – são “irmãos” do Ded Moroz espalhados por toda a Rússia. Por exemplo, em Iakútia, é Tchiskhaan; na Udmúrtia, Tol Babai; e no Tatarstão, Qış Babay (Kich Babai). Aliás, todos eles se visitam regularmente e trocam presentes entre si.

LEIA TAMBÉM: 8 músicas de Ano Novo que vão fazer você se sentir na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies