Cavalheirismo ou paternalismo? Após polêmica, veja todas as vezes que Putin deu flores a mulheres

AP
Recentemente, o presidente russo Vladimir Putin recebeu a chanceler alemã Angela Merkel com um buquê, porém, seu gesto foi considerado ofensivo por alguns veículos de imprensa. O Kremlin respondeu que é uma tradição russa dar flores para as mulheres – mesmo que sejam autoridades –, e Putin segue à risca, como mostram as fotos a seguir.

Este foi o exato momento que causou indignação. Segundo o jornal alemão “Bild”, Putin “ofendeu” Merkel ao deixar claro quem estava no comando quando lhe deu flores.

No entanto, uma década atrás, Putin se encontrou com Merkel no mesmo lugar – e ele também lhe deu um buquê. Naquela época a situação passou despercebida.

A presidente da Croácia, Kolinda Crabar-Kitarovic, também recebeu flores do presidente russo em Sochi, em 2017. Mas o fato não gerou manchetes.

O mesmo ocorreu quando a presidente finlandesa Tarja Halonen foi presenteada com a marca registrada do líder russo em 2005.

Ou quando a rainha Beatrix, da Holanda, foi surpreendida com flores no Kremlin em 2001.

A esposa de George Bush Jr., Laura, com flores dadas por Putin em 2007 nos EUA.

A ex-primeira dama da Rússia, Naina Iéltsina, também foi recebida com um buquê.

Ao receber o título de Artista do Povo da Rússia, a diva da ópera Anna Netrebko ganhou flores do presidente russo.

Assim como a primeira mulher a voar para o espaço, Valentina Terechkova, por ocasião do 50º aniversário de sua missão histórica.

O Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, é uma data em que os russos costumam dar flores às mulheres, e Putin não é exceção. Nesta foto, tirada em 2013, ele presenteia funcionárias de uma fábrica têxtil.

Já em 8 de março de 2017, Putin parabenizou médicas em uma nova maternidade.

Aqui, sua ex-mulher Liudmila segura um buquê enquanto Putin tem nos braços uma de suas filhas recém-nascidas – Maria, ou Ekaterina. Ambas nasceram na década de 1980.

Leia também “Por que os russos precisam de floriculturas 24 horas?”.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies