Russo se torna a primeira pessoa a chegar ao Polo Norte de bicicleta

Viajante russo iniciou sua jornada a 10 km do Polo Norte

Viajante russo iniciou sua jornada a 10 km do Polo Norte

SCOTT Russia
Bogdan Bulitchev, de Iaroslavl, bateu recorde mundial ao pedalar até o ponto mais setentrional da Terra.

No dia 12 de abril, Bogdan Bulitchev anunciou em seu perfil no Facebook que planejava viajar de bicicleta até o Polo Norte. Bulitchev escreveu que estava cansado de viajar de carro e decidiu “testar-se contra a resistência da natureza”. Na semana passada, Bulitchev fez história ao enfim chegar à região ártica sobre duas rodas.

O russo voou de helicóptero até o ponto de partida – o Acampamento Barneo, uma base de gelo estabelecida anualmente pela Rússia –, de onde começou a jornada a bordo de sua “fatbike” (bicicleta off-road com pneus grossos) seguindo 90° ao Norte.

Bulitchev revelou não ter tido medo das geadas do Ártico nem do fato de ser a única pessoa por centenas de quilômetros, cercado apenas por natureza, neve e gelo. A possibilidade de cruzar com um ursos polares no caminho não podia ser descartada, o que “apenas aumentou a adrenalina correndo nas veias”.

“Em alguns lugares havia gelo puro; em outros, neve. Mas como o gelo estava muito frio, e o sol dava uma aquecida, percebi que 70% do caminho que eu estava percorrendo era como uma estrada normal no inverno. No resto do tempo viajei entre montes, neve e fendas”, contou o aventureiro.

Além de ser o primeiro ser humano a chegar ao Polo Norte de bicicleta, ele também bateu outro recorde – fazendo a menor volta ao mundo ao cruzar todos os meridianos do polo em apenas 48 segundos.

A inscrição para o livro dos recordes “Guinness” já foi submetida.

Leia também sobre a "revolução das bicicletas" em Moscou

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies