Russos gastam quase R$ 200 ao mês com seus pets, revela estudo

P. Wegner

P. Wegner

Global Look Press
Gigante de tecnologia russo Yandex comparou itens e valores gastos com cães e gatos. Compras on-line para animas de estimação, porém, cresceram de modo geral.

Depois de analisar as informações coletadas por seu mecanismo de busca on-line, o Yandex descobriu que o número de pessoas que fazem compras on-line para animais de estimação aumentou seis vezes de janeiro a novembro de 2017, em relação ao mesmo período do ano passado.

O valor médio que os russos gastaram em pet shops on-line também aumentou quase 1,5 vez, para 3.554 rublos (R$ 198).

Em outubro passado, por exemplo, o gasto médio com cachorros foi 1,6 vez maior (2.660 rublos, ou R$ 150) do que com gatos (1.615 rublos, ou R$ 91). Além disso, os alimentos secos também se mostraram mais populares do que os enlatados.

Ainda de acordo com os dados da pesquisa, os donos de cães parecem mais dispostos a mimar seus animais de estimação com vitaminas, gastando 916 rublos (R$ 52), contra 647 rublos (US$ 36) dos aficionados por gatos. Estes, porém, costumam gastar mais com brinquedos – 750 rublos (R$ 42), contra 520 rublos (R$ 29).

A pesquisa levou em conta os pagamentos realizados via Yandex.Kassa e Yandex.Money entre os meses de janeiro a novembro de 2017 e 2016, bem como compras on-line no Yandex.Market durante os últimos seis meses.

Um levantamento semelhante conduzido pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), revelou que os custos mensais de brasileiros com seu animais de estimação chegam a quase R$ 190 mensais, subindo para R$ 224 entre os consumidores das classes A e B.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies