Mais de 60 estrangeiros recebem cidadania em Moscou após ‘juramento de lealdade’

Valery Sharifulin/TASS
O presidente Vladimir Putin assinou na terça um decreto concedendo cidadania a 62 pessoas, que fizeram novo juramento público como cidadãos da Federação Russa.

Como parte do novo procedimento, sugerido em junho e aprovado no mês seguinte, 62 pessoas de ex-repúblicas soviéticas e do Afeganistão fizeram o juramento em uma cerimônia formal em Moscou na terça-feira (24).

“Eu, (nome completo), voluntariamente e conscientemente adoto a cidadania da Federação Russa. Juro por respeitar a Constituição e a legislação da Federação Russa, direitos e liberdades de seus cidadãos, cumprindo os deveres de um cidadão da Federação Russa em benefício do Estado e da sociedade para proteger a liberdade e a independência da Federação Russa, ser leal à Rússia, e respeitar sua cultura, história e tradições”, lia-se no juramento proferido por cada novo cidadão russo.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies