Como falar com um russo se você não souber o nome dele

Irina Baranova
Mesmo que você seja daquele tipo de pessoa introvertida que não gosta de conversar com estranhos, talvez você precise falar com alguém que não conhece na Rússia...

Imagine só: você está confuso, de pé, no meio do metrô de Moscou, sem saber para onde ir e o que fazer nessa gigantesca rede de nomes russos complexos e multidões de pessoas, precisando desesperadamente de ajuda. Você vê um russo durão e carrancudo por perto... E como você se dirige a ele ou a qualquer outro russo nessa situação?

Em Moscou e São Petersburgo, basta um simples "com licença", mas se você quiser sobreviver no interior e aprender a fazê-lo na língua local, leia nosso guia:

1. Извините (izviníte) e прошу прощения (proshú proshênia)

"Izviníte" e "proshú proshênia" são basicamente a versão russa de "com licença" e são muito usados ​​quando alguém quer pedir um pequeno favor (por exemplo, "izviníte, propustíte, pojáluista", ou seja, “com licença, deixe-me passar, por favor”); ou se você quiser uma informação, como, por exemplo, onde é o caixa eletrônico (“proshú proshênia, pomoguíte, pojáluista, naití bankomát”, ou seja, “com licença, você poderia me ajudar a encontrar um caixa eletrônico?”).

As duas expressões são intercambiáveis ​​e, provavelmente, a opção mais segura e formal, se você não souber ao certo como se dirigir a outra pessoa.

2. Молодой человек (molodôi tchelovék) e девушка (diêvuchka)

“Molodôi tchelovék” pode ser traduzido como “moço”. Nos transportes públicos, uma pessoa pode ouvir algo como “molodôi tchelovék, dáite prisiêst” (moço, deixe-me sentar) ou “molodôi tchelovék, u vas upálo...” (moço, você deixou cair...) se a carteira dele cair do bolso.

Curiosamente, isso é usado não apenas para lidar com pessoas jovens, mas também com homens maduros, se for difícil identificar sua idade. Outro dia, um garçom chamou meu jovial e alegre pai (que tem mais de 50 anos) de “molodôi tchelovék”. Portanto, pode ser uma boa opção se você quiser ser educado ou soar elogioso.

O mesmo funciona com "diêvuchka" (moça). “Diêvuchka, môjno s vâmi poznakômitsa?” (moça, podemos nos conhecer?) Esta é uma frase frequentemente usada pelos homens para iniciar uma conversa com as mulheres.

A palavra também pode ser usado não só em relação a mulheres jovens, mas em geral. Porém, tenha em mente que dizer “diêvuchka” a uma bábushka russa é uma opção arriscada - algumas senhoras mais velhas tratam isso como um elogio, enquanto outras podem rir disso como se tivessem ouvido uma piada. Nesse caso, os russos costumam chamar as senhoras mais velhas de "jênchina" (mulher).

3. Мужчина (mujchína) e женщина (jênchina)

“Mujchína” (homem) e “jênchina” (mulher) são maneiras menos laudatórias de abordar um homem ou uma mulher, mas também bastante aceitáveis e amplamente usadas. "Mujchína, niê zaderjiváite ôtchered!" (homem, não emperre a fila!) ou "jênchina, vi zabíli súmku!" (mulher, você esqueceu a bolsa!) são exemplos do uso desses tratamentos.

4. Девочка (diêvotchka) e мальчик (máltchik)

“Diêvotchka” (menina) e “máltchik” (menino) são amplamente usados ​​para se referir a crianças: “diêvotchka, ne trôgai sobáku!” (menina, não mexa no cachorro!) ou “máltchik, ti ​​pateriálsia?” (menino, você se perdeu?).

5. Уважаемый/-ая /-ые (Uvajáiemi/-aia/ie)

“Uvajáiemi” (respeitável, honorável) em relação a um homem, “uvajáiemaia” para uma mulher ou “uvajáiemie” no plural são modos corriqueiros de se dirigir a alguém na comunicação escrita e, geralmente, vêm seguidos pelo nome da pessoa (por exemplo, “Uvajáiemi Iván Ivánitch”).

No discurso oral, “uvajáiemy” às vezes pode ter significado irônico, se for pronunciado de certa forma. Por exemplo, se um russo fica irritado com alguém bloqueando o caminho, mas não quer ofendê-lo, pode dizer: “Uvajáiemi, propustíte!” (respeitável, deixe-me passar).

Também há várias outras palavras que podem ser usadas para abordar alguém ironicamente como “liubêzni” (amável), “dorogôi” (querido) ou “sudar” (senhor). Por exemplo: “Sudar, niê zvoníte mniê bôlche” (Senhor, não me telefone mais) ou “Niê podskájete, gde tualiét, liubêzni?” (Você pode me dizer onde fica o banheiro, querido?).

6. Товарищ / и (Tovarisch/i)

Mais usado nos tempos soviéticos, o termo “továrisch” (camarada) sobreviveu ao colapso da URSS e ainda é apropriado nas conversas russas modernas. É um pouco menos formal que “uvajáemi” e pode ser usado de maneira apropriada para falar com algum homem (továrich) ou um grupo de pessoas (továrischi). Você pode dizer algo no estilo “Továrisch, nu khvátit zdes stoiát!” (Camarada, chega de ficar aqui!), “Továrischi, proidíte vperiôd!” (Camaradas, andem mais para frente!) ou “Továrischi, ia sojalêiu” (Camaradas, sinto muito).

7. Коллеги (Kolliégui)

“Kolliégui” (colegas) é um modo seguro, formal e neutro de abordar a equipe no trabalho - em fala oral ou escrita on-line. “Kolliégui, môjno potíshe?” (Colegas, vocês podem fazer menos barulho?), “Kolliégui, pítsa na kúkhne! Ugocháites!” (Colegas, tem pizza na cozinha! Sirvam-se!) ou ainda  “Kolliégui, spassíbo za pozdravlênia” (Colegas, obrigado pelas felicitações). Ou seja, funciona em quase qualquer situação.

8. Друг (drug) ou брат (irmão)

Um cara que tenha muita confiança no taco e queira se dirigir aos trutas pode chamá-los de “drug” (amigo) ou “brat” (irmão). Este modo informal iniciador de conversas basicamente mata qualquer tipo de distância entre duas pessoas e cria instantaneamente uma conexão. Os russos costumam usar isto quando querem pedir um cigarro, perguntar algo ou se estiverem com vontade de conversar em uma festa.

Mas, se você ouvir alguém te chamando assim na rua à noite, cuidado! Pode ser que um bando de russos durões queiram algo, digamos assim, mais material. Quando isto acontece, eles dizem algo como “Brat, dái telefôn pozvonít?” (Irmão, posso usar seu telefone para ligar?) ou “Ei, drus, tchas kotôri?” (Ei, amigo, que horas são?) Eles se aproximam de você devagar e, geralmente, em grupos. Nesse caso, é melhor correr – mas esses casos são raros, se compararmos Rússia e Brasil.

9. Эй, ты (“Ei, ti”)

Uma maneira ainda mais informal e bastante agressiva de chamar alguém é dizendo  “Ei, ti” (Ei, você). Um russo pode dizer “Ei, ti, tchtô ti tam dêlaech?” (Ei, você, o que você está fazendo aí?) quando ele vir alguém roubando um carro, por exemplo, ou “Ei, ti, stôi gde stoích” (Ei, você, parado onde está) se quiser avisar a outra pessoa para não se aproximar. Não existe uma especificidade de gênero no “Ei, ti”, mas ele geralmente se refere aos homens.

LEIA TAMBÉM: 7 hábitos estrangeiros que podem ser vistos como falta de educação na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies